segunda-feira, 24 de julho de 2017

Como Reduzir Estoques

Uma coisa que eu sempre falo em casa é que não temos estoque e não precisamos repor nada. É difícil, mas tem que acostumar a comprar quando precisa. Não precisa esperar acabar para comprar, mas alguns produtos eu só compro quando vou usar e não tenho em casa e outros que compro quando vejo que não vai durar até a próxima ida ao supermercado (ou afim).

Na cozinha eu fiz um estoque mínimo e de tempos em tempos eu reavalio. Ainda mantenho uma lista de coisas que quero terminar porque quase não uso e não vejo sentido de ter em casa. São aqueles produtos que eu comprei para um preparo específico e que sobrou. As minhas listas de compra do supermercado são relativamente pequenas, não tem acontecido de produtos estragarem em casa e a minha despensa, apesar de eu ter reduzido o espaço, não ficou lotada, mesmo na véspera da festa de aniversário. Agora quero reduzir outros utensílios.

Eu comentei sobre as sacolas e os enfeites, bem como outros itens de festa em outro momento. E curioso que percebi que no ano passado e neste ano, tive oportunidade de usar muitos itens que tinha guardado sem precisar comprar. Simplesmente lembrando de procurar os produtos que eu tinha antes de planejar o que comprar e resolver a decoração em função do que poderia ser aproveitado
As sacolas e embalagens de presentes também foram assim, cada vez com mais frequência tenho tirado do lugar e separado o que pode ser usado nos eventos a que vamos. Mas está muito longe de ser uma quantidade aceitável. Tenho certeza que ainda tenho muita coisa a mais.

Produtos de higiene e beleza eu sempre achei um monstro descontrolado. O limitante sempre foi o espaço que tinha. Consegui voltar a usar alguns produtos e principalmente parei de comprar. O pouco que eu compro tem sido bem controlado. Fui escolhendo o que eu gosto e descartando o que não me interessa. Disse não para algumas ofertas de produtos e principalmente resisti àquelas novidades imperdíveis e ofertas. Fui gradativamente diminuindo os espaços para estes produtos. Ainda tenho estoques. Fiquei um ano sem comprar sabonetes/shampoo/condicionador infantil. Agora faço como os itens de supermercado. Depois, listar e ir riscando conforme terminava também ajudou a diminuir. Minha intenção é não ter estoque destes produtos. Daqui a alguns anos, sei que conseguirei se não me desviar dos propósitos. Por enquanto, não posso esmorecer. Tenho que acreditar e insistir na diminuição.

Livros e DVDs são um grande problema na minha vida. Tenho mais de 400 livros, a maioria não lidos. Devo ter uns 50 que pretendo guardar para reler, mas a grande maioria não. Em 2016 comprei poucos livros e até agora só comprei um em 2017. O que tenho feito bastante é enviado livros para trocas. Por enquanto estou acumulando créditos, mas vou precisar escolher outros para pegar em troca. Outros livros que eu vejo que demora muito para trocar eu levo para alguém que eu conheço. Mas ainda tenho muitos livros a mais. A Elizabeth vem fazendo este esforço a mais tempo do que eu e creio que tem muitos livros técnicos que demoram para serem estudados, aproveitados antes de serem repassados a outros. Então tenho me inspirado nas ações que fez e deram certo. O que eu estou criando coragem para fazer é colocar à venda estes produtos que estão sobrando em casa.

Em alguns anos, espero não ter mais estoques. Preciso de pelo menos mais dois anos de trabalho para estas reduções, mas tenho certeza de que já melhorei bastante.

terça-feira, 18 de julho de 2017

E então, um novo recomeço

A atual situação está em recomeços... Pessoalmente, na minha vida familiar, estávamos programando aumentar a família. Desta vez, apesar da gravidez ser planejada e desejada, também foi bem programada. Passei no médico logo no começo do ano, avisei dos meus planos, pedi orientações e também me programei para fazer todos os exames que fossem necessários. Adiei os planos por duas vezes para garantir que todos os exames estavam feitos e tive o parecer favorável da obstetra. Então estava pronta para tentar. 
Apesar de todos os receios que tive sobre todo o processo de concepção, fiz as contas e trabalhei para ter resultado o mais cedo possível. Foi bem difícil, a partir de então, aguardar o tempo necessário para saber o resultado. Foram duas semanas de muita apreensão para o resultado do exame que ainda seria feito. Quando foi chegando o período da constatação, estava atenta aos sinais. Os pequenos sinais que antecedem o período crítico do ciclo não apareceram. Não foi uma única vez, passei por isso pelo menos 5 vezes. O primeiro exame que fiz deu negativo, o que estendeu a apreensão por mais uns dias. Dois dias depois tive a confirmação negativa. É claro que eu já estava me acostumando com a ideia. E então refiz as contas para continuar tentando no próximo ciclo.
A decepção do resultado foi maior do que eu imaginava. Por isso fiquei ainda uns dias chateada e insegura. Mas precisei tirar um pouco disso da minha cabeça e me concentrar nos meus objetivos.
Apesar do resultado negativo, finalmente me senti motivada a tomar as atitudes realmente necessárias em relação à alimentação e as organizações e reformas que eu preciso fazer. E uma das coisas que pretendo fazer corretamente desta vez é estudar e me preparar para receber uma nova criança.
Desta vez, parecia que o início do ciclo se aproximava. Então percebi que a vontade de urinar era mais intensa como havia sido no final da gravidez anterior. Levantei algumas vezes de madrugada como não costumava fazer. Também senti menos sono e muita disposição, como não costumava acontecer antes. Jamais saberei se isso é mero reflexo da vontade de estar grávida. Apesar de não ter certeza, estou tentando evitar carregar peso desnecessário e fazendo os movimentos de forma mais contida. Sei que os três primeiros meses exigem maiores cuidados e menos excessos. A maior apreensão tem sido a alimentação. Tenho muito medo dos enjoos e vertigens que senti da outra vez. Estou tentando comer de forma balanceada, a cada 3 horas e evitar os alimentos que não são recomendados. É difícil ficar sem tomar o cafezinho. Por enquanto estou bem e espero não ter. Estou ansiosa para fazer o exame e poder começar o pré-natal. Sei que terei que me cuidar e desta vez deve ser mais fácil. Aquelas tarefas da casa mais pesadas e que requerem levantar peso têm que estar concluídas esta semana. E só vão precisar ser repetidas daqui a alguns meses. A parte boa é que isso ocupa o meu corpo.
Para controle da ansiedade foi muito importante algumas conversas que eu tive com uma boa amiga de longa data. Estava precisando de uma preparação emocional para tudo o que eu preciso passar e que esta decisão implica. Estou muito longe de estar bem resolvida na minha vida, mas preciso de um pouco de serenidade para controlar esta ansiedade insana. Uma das coisas mais difíceis para conter a ansiedade foi por não poder falar sobre o assunto. Aos poucos estou acostumando com a ideia, incorporando os novos hábitos e tentando não pensar tanto nisso..
Tenho aproveitado para dar todo o carinho que a minha filha merece. Inclusive muito colo apesar de não ser recomendado pegar peso. Mas sei que se tudo for como imagino, logo não poderei mais fazer isso. E ela vai sentir. Aqueles pequenos agrados que uma mãe sempre pode fazer estão cada vez mais constantes.
Também carrego a apreensão sobre o gênero da criança. A irmã mais velha quer ter um irmão. Claro que ficarei muito feliz em satisfazer a vontade dela, mas também ficarei feliz de ter outra menina que será mais companheira e aprendiz da mais velha. 
Poderia ter adiantado muitas coisas, mas quero tomar ações apenas quando a gravidez se confirmar. 
Só sei que eu já amo a ideia de ter um bebê aqui comigo. Não vejo a hora de poder passar por tudo isso de novo. Quero aprender e conhecer este novo serzinho.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Terminados em Junho

Junho foi um mês muito esquisito. Eu fiquei sem usar algumas coisas, depois voltei. A maioria dos produtos que vinha usando estavam novos e em embalagens grandes. Então não terminei nada. Curioso, né? Sim, não terminei nada. Deveria ser algo como os Não Terminados do Mês.

Entre o que está em andamento, estou então usando todos os 5 produtos que listei para terminar em 2017. Destes, o esfoliante já está na metade. Agora estou priorizando acabar com o esfoliante para depois terminar as últimas miniaturas e finalmente voltar para os meus sabonetes que estão guardados. Ainda devo usar por mais uns dois meses antes de terminar.
O creme facial está bem usado. Geralmente ao passar a espátula, toco o fundo do pote. Sei que ainda falta bastante para terminar, mas devo conseguir terminar em mais uns 4 meses.
Se eu não tivesse ficado sem usar a colônia na maior parte do mês já teria terminado um dos potes. Falta bem pouco em um deles que pretendo terminar nas próximas semanas. Depois tem mais um pouco no borrifador que dura mais um mês.
E a último item que eu pretendo terminar em 2017 e venho usando é o batom. Realmente estava cansada de usar o gloss e estou focando no batom. Tenho conseguido usar praticamente todo dia. Pelo tanto que tem é difícil dizer que eu consigo terminar até o final do ano. É uma possibilidade, mas acredito que possa sobrar um pouco para o começo do ano que vem.
A base eu devo ter usado uma vez. Como estou focando no corretivo e este está acabando, devo passar para a base em breve.
Dos outros produtos que venho usando, o hidratante diminuiu um pouco, mas também usei pouco. 
O corretivo devo terminar em mais um ou dois meses. E olha que parecia infinito. 
A miniatura de sabonete em barra não é tão miniatura assim, então deve demorar bastante. Ainda tenho mais duas miniaturas não tão pequenas, que deixei por último, e que só vou conseguir ver avanço depois que o esfoliante acabar.
Meus cremes para os cabelos não estão avançado muito. Também tenho usado pouco. O spray até que usei umas 3 vezes. Não faltam muitos usos, mas preciso mesmo oportunidade de usar. 
Não tenho feito as unhas e nem pretendo fazer nos próximos meses, então o esmalte ficou parado. Vou ter que repensar isso dos esmaltes para poder consumi-los.
Por conta de acabar não usando muita coisa, nem a miniatura de condicionador consegui terminar. Pelo menos duas vezes lavei o cabelo e esqueci de passar condicionador. Além desta que estou usando tenho mais uma guardada e depois termino as miniaturas. 
Ainda tenho alguns envelopes mas acabei nem separando nada para usar. 
Até usei o lápis de olho uma vez ou duas, mas não apontei nestes dias. Demais itens de maquiagem, mal abri a bolsa para ver opções.
Por fim, apesar de continuar usando o gloss em boa parte do mês, senti pouco avanço e acabei deixando de lado. Tenho tido a impressão que estou avançando melhor com o batom então espero terminar ele primeiro, de preferência ainda este ano. 

E a melhor parte disso tudo é que também não comprei nada. Ao menos para mim. Precisei comprar um sabonete líquido para as mãos e um sabonete líquido infantil para o banho. Mas acabamos comprando por engano também uma embalagem de shampoo infantil. Como eu já havia consumido muitos este ano, não fiquei tão chateada, mas estou precisando controlar para fazer caber tudo no gabinete do banheiro. Estou precisando atualizar o meu inventário e ver o quanto consegui terminar, mas principalmente o quanto acrescentei. Espero controlar meus estoques em breve.

terça-feira, 4 de julho de 2017

O que Acabou até o Inverno

Desta vez, o término do projeto não coincide com o fim do mês então faz muito mais sentido escrever exclusivamente sobre os itens que consegui terminar. Alguns itens estavam claramente fáceis, mas outros requeriam bem mais esforço. Então começo pelos mais fáceis.

Ainda no começo de abril consegui terminar o desodorante. Foi um produto que eu queria ver fora da minha vida rapidamente. Minha história com ele resumidamente foi um presente que eu deixei de lado, não queria usar, e resolvi que preferia usar do que jogar fora sem uso. Não gostei por ser spray, não gostei porque o cheiro é muito forte e não combina comigo, não gostei porque não tinha como trocar. Depois que peguei para usar, já havia durado longos meses e por mais que eu estivesse acostumada queria me ver livre daquele cheiro. Tanto não é bobagem que enquanto usei este desodorante só consegui usar a colônia com o cheiro mais suave. Estava ansiosa para usar outras colônia e até mesmo perfume. Depois que terminou passei a usar o outro desodorante em creme que eu já havia comprado e que deve durar uns 6 meses.

O outro produto fácil que eu terminei foi o creme para pentear. Também terminei em abril, mas no fim do mês. Como estou usando o cabelo curto já fazem 4 anos, e por ser muito seco eu só lavo de uma a duas vezes na semana, quase não uso o creme para pentear. O outro produto eu uso todo dia para por ordem na cabeleira pela manhã, mas este que é pra depois da lavagem, foi ficando. Eu peguei com a embalagem usada e já faz mais de um ano que estava usando. Cheguei a comprar outro, mas preferi usar este que estava mais antigo. Desde dezembro o pote está de cabeça para baixo e diminui lentamente o volume. Faltavam poucos usos e finalmente terminei. Não tenho nada contra, talvez o fato de ter durado tanto. Este item também estava fácil. Agora só tenho o produto que está em uso. Claro que quero experimentar outros tantos produtos, mas me coloquei como meta não comprar até que este esteja acabando mesmo.

O terceiro produto que quase terminei deveria ter sido o mais fácil. O esmalte que eu separei para usar desde o ano passado. Quando achei alguns esmaltes misturados com outros produtos e resolvi guardar todos juntos na lata, descobri que não cabiam todos. Separei o que estava mais gasto para usar e deixei por cima para não esquecer de usar e não acabar usando outro. Até consegui fazer a unha umas duas vezes no mês em alguns meses, mas como regra não estou conseguindo fazer apesar do esforço. Na verdade são 5 que estão muito grossos e eu preciso usar ou descartar. Este primeiro estava separado faz meses e eu sempre pensava que em mais um mês acabava. Quando escolhi para colocar no projeto tinha poucos usos. Usei uma vez em março, uma em abril e mais uma em maio. Mas nem parecia que havia sido usado. Enfim, com o fim do prazo do projeto, terminado ou não, eu pretendia descartar. Então me esforcei para usar mais umas duas vezes e acabei não usando. Poderia ter acabado em março mesmo se eu não tivesse usado outras cores. A minha crítica é que não dura muito, mas pode ser em decorrência de já estar velho. Não pretendo voltar a comprar porque ainda tenho muitos guardados. Esperava terminar mais dois até o fim de 2017. Tentar usar eles por mais tempo é arriscado.

O quarto produto que convém gastar algumas palavras é o spray de cabelo. Eu não tenho hábito de usar spray, mas como tenho alguns em casa, gostaria de terminar pelo menos este que a embalagem é pequena e que é mais antigo. Como já estava usado, também poderia ter terminado em março mesmo. Mas de março até agora eu já usei quatro vezes e não acabou. Tem realmente pouco produto no frasco e pode acabar no próximo uso. Apesar de o projeto não ter sido suficiente para me motivar a terminar, creio que ele termina até o fim do ano. Ainda tenho mais dois para usar. Eu não entendi muito bem a proposta deste tipo de produto e por isso não consegui inserir na minha rotina o uso do spray. A minha intenção é não voltar a comprar. Acho que ajuda na aparência do cabelo quando arruma, mas prefiro ter a opção do produto que além do brilho, fixa o penteado, então devo manter apenas um spray fixador. Por enquanto ainda tenho mais um produto do tipo em casa e devo tentar usar até acabar antes de descartar a embalagem. 

O quinto produto era realmente bastante desafiante. Já aceitei que um produto para os lábios, independente de qual seja e de quanto tenha, vai durar muitos meses, quase um ano. E eu comecei o ano usando um produto que não conseguiria terminar, listei outro em 5 para terminar e ainda assim queria terminar com mais este gloss. Por conta do projeto, praticamente parei o uso dos outros dois produtos, mas também não consegui usar mais de uma vez por dia na maioria dos dias. O frasco tinha aproximadamente a metade. No fim de março fiquei bastante desanimada porque não consegui perceber qualquer alteração. Mas no fim, houve redução do volume apesar de discreta. Em abril já conseguia ver melhor a diferença. Em maio reduziu um pouco mais apesar de eu achar que foi bem pouco. E então o período do projeto terminou antes do gloss. Apesar de não ter terminado, o volume reduziu na metade do que tinha. Vou parar de usar para priorizar o término do batom que coloquei em 5 para terminar, mas se eu terminar antes de dezembro, volto para este gloss e o outro produto hidratante que ainda uso ocasionalmente. Eu cheguei a pensar que conseguiria acabar com este gloss mas estou feliz que tenha sobrado pouco. Capaz que em 2018 eu esteja com 4 restinhos de produtos para terminar.

O produto extra e desafiante escolhido para este projeto de outono eu nem precisava chamar de extra. Depois de vir usando o produto por muitos meses, sabia que eu poderia alcançar o fundo a qualquer momento. A maneira de aplicar que geralmente joga o produto das laterais para o fundo que não permitia. Mas percebi que finalmente estava avançando bem a ponto de poder pensar em acabar com o produto. Talvez quando este corretivo acabar eu consiga usar base com mais frequência. E em março terminei de limpar as laterais. Em abril votei a trabalhar no fundo sem saber exatamente quanto faltava para chegar ao fundo e bem no fim do mês consegui atingir a meta e voltei a trabalhar nas laterais. A camada que permanece nas laterais está fina porque continuei usando. Apesar de não ter a meta de terminar, por ter atingido estou mais motivada a usar este produto. Não vai dar tempo de terminar nos próximos 3 meses, então vou deixar para o meu projeto de verão. 

Por ter escolhido melhor os produtos para usar neste período de 3 meses e já ter produtos terminando fui muito melhor neste projeto. Não estou tão certa que consigo terminar alguns produtos nos próximos 3 meses a ponto de listar, mas de certa forma continuo com este tipo de projeto. Para a primavera já estou com uma lista de produtos para terminar até o verão que acredito ter sucesso.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Coleções: Lápis

Eu não comecei a acumular lápis na intenção de montar uma coleção. Eu só admito uma coleção que foi intencional, as demais foram desequilíbrios. Mas lápis é um artigo barato que é fácil de adquirir como lembrança de lugares que visitamos e ainda por cima é um objeto útil que cada vez que usamos reavivamos as lembranças daquele lugar que visitamos, daquela pessoa que nos deu, etc.
Bom, o caso é que a vida digital requer cada vez menos o uso de lápis. E ainda por cima, a praticidade de uma lapiseira relega o lápis para segundo plano. 
Mas lápis é algo que eu gosto de usar. Tenho um apontador de lápis de bancada, mecânico, mas acabo pouco usando e optando pelo pequeno portátil. Então veja que tem todo um contexto destes lápis na minha vida e que não deve sair daqui tão logo. Ainda que se torne apenas um artigo sentimental, este deve continuar fazendo parte da minha vida.
Como é uma coleção, mesmo que eu use, ainda teria muito mais do que eu preciso. Então, para as pessoas que também gostam de lápis, vim mostrar um pouco da minha coleção.

O lápis que está em uso é um da linha grip da Faber Castell. Ele já está velhinho e perdeu o grip. A cor de fundo é cinza claro e o formato é aquele triangular. Foi o primeiro modelo que saiu. Lembro que eu ganhei na época que era novidade, uns dois ou três junto com uma borracha macia que eu acho muito boa e uma caneta que já acabou. A ideia era este lápis substituir o famoso preto nº 2 que estava em todas as listas de material da escola. Como fui usando este kit logo, os outros itens já acabaram mas sobrou este lápis. Ele já está pequeno, mas creio que vou continuar usando por mais uns anos. Provavelmente muitos lembram dele quando eu fiz o "Material da Vez" e depois atualizei o mesmo. Pois é, tem mais de dois anos que está sendo usado e ainda não acabou.

Como eu tenho muitos lápis, desde que o que está atualmente em uso diminuiu até a metade do comprimento normal, estou carregando o próximo no estojo. Ainda demora pra eu usar e acaba ficando como um reserva caso eu perca ou esqueça o outro que está em uso. E escolhi um lápis também bem antigo que ganhei na revistinha da Mônica, ainda da época que eram editados pela Editora Globo. Este é um lápis grande, estava novo quando peguei para usar e fui eu quem fez a primeira ponta, estava reto nas duas extremidades. Esse lápis é cilíndrico e o grafite é bem escuro. Junto com ele também veio uma borracha que eu também já mostrei por aqui na escolha da próxima borracha da vez. Já escolhi qual vai ser mas primeiro preciso terminar as duas que estão em uso, cada vez menores. Creio que este lápis também dura muito tempo até que eu tenha que substituir. Como tirei as fotos com a mesma caneta ao lado dá pra perceber a diferença do tamanho entre um lápis novo e um mais usado.

Eu queria contar sobre um lápis que eu tenho que nem gosto muito de usar. É um lápis flexível. Ele ficou bastante popular muito tempo atrás porque não quebra a mina quando cai e acaba sendo divertido para escrever num lápis curvo. Que eu me lembre, eu comprei numa loja que vendia coisinhas de papelaria e papel de carta com o dinheiro da minha mesada. Não tenho certeza. Mas eu não gosto da forma meio borrada que fica quando escreve. Também é bem claro e precisa escrever com força para ficar visível. Não é um lápis que eu pretendo colocar em uso contínuo. Aliás, não estava nem conseguindo achá-lo e pensei que já não estivesse na minha coleção, mas usei algumas vezes e deixei por cima no porta lápis. Também tenho outro desse guardado que eu ganhei anos depois. Agora que está menor é mais difícil deixar ele torcido, mas dá pra ver na foto que está meio tortinho. Ele também tinha uma borracha atrás, mas esta eu usei um pouco mais e ela acabou. Cheguei a apontar a parte de trás mas desisti de usar duas pontas. Eu não sei o que fazer com ele, não tenho coragem de jogar fora, certamente não vou usar mas também não saberia para quem dar. Por enquanto fica por cima.
Pra não ficar muito cansativo vou dividir os lápis em grupos ou lápis avulsos ou promocionais e depois venho mostra. Os grupos são coleções de lápis, geralmente de personagens, que eu tenho 3 ou 4 de cada personagem. Avulsos são os básicos que eu tenho e que serão bem sem graça, por isso pretendo mostrar de uma vez. E promocionais sãos os que eu ganhei em datas comemorativas ou comprei em lojinhas dos lugares que fui visitar.
Mais alguém gosta de coleção? Que tipo de coleção mais interessa?
Ainda tenho mais algumas para mostrar.

E pra concluir o assunto: Coleção e minimalismo combina? Claro que não. Mas escrever sobre estas coleções foi a forma que encontrei de finalizar a coleção, colocar em uso e descartar os produtos que não estão em boas condições. O primeiro passo, claro, foi parar de comprar. Mas mesmo colocando em uso tenho lápis para mais de uma vida. Por isso estou fazendo este registro e depois vou me desfazer deles aos poucos.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Terminados em Maio

Com o tanto de produtos que terminei em abril era de se esperar que não tivesse mais nada para terminar em maio. E maio foi mesmo um mês mais lento.

Terminei mais uma miniatura de condicionador e agora só tenho mais duas, sendo uma em uso. Em breve acabo com estas miniaturas. O shampoo que estou usando é grande e devo demorar muitos meses para terminar.
Ainda tenho alguns sabonetes líquidos e consegui terminar a última miniatura. Agora estou usando o outro esfoliante junto com uma miniatura em barra. E também terminei uma miniatura de sabonete em barra. Ainda tenho mais 3 antes de passar para um de tamanho tradicional. Apesar que estes 3 não são tão miniaturas. Não vejo a hora de acabar com essas miniaturas. E agora falta tão pouco!
Ainda tinha a expectativa de usar dois envelopes de amostras, mas acabei deixando passar.
Terminei o sabonete íntimo para o qual já havia comprado o substituto. Desta vez, entre comprar e colocar em uso foram menos de duas semanas.
Não coloquei na foto, mas precisei descartar uma touca de banho. Já tinha uma substituta e por isso não precisei comprar. Também substituí uma esponja de banho e pretendo comprar outra em breve.
Também terminamos um sabonete infantil e um condicionador. Estes também não tirei foto porque foram parar no lixo mais rápido do que consegui chegar perto.
Com o controle de metas mensais foi mais fácil lembrar de usar os produtos listados e até consegui usar o esmalte mais vezes.

Aproveitei que em maio tivemos novamente muitas festas e usei o spray de cabelo. Não sei dizer se consigo acabar dentro do projeto apesar de faltar pouco. Desta vez não irá coincidir as datas então devo contar do fim do projeto separado dos terminados no mês. Até lá tenho mais alguns dias e pode ser que eu consiga acabar com este produto.
O esmalte que estava separado e também queria terminar até o inverno eu usei uma vez. Achei que iria acabar mas acho que ainda tem mais uns dois usos. O pior é que dura uns dois dias só e já começa a descascar.
O gloss que é o último produto do projeto está no fim, mas dificilmente termina a tempo para o projeto. Não sei o que aconteceu, mas mesmo usando como no mês passado ou até mais, parece que diminuiu bem menos. Até o dia 20 ainda vou usar este gloss, mas a partir de então passo a usar também o batom que quero terminar até o fim do ano. Em algum momento este gloss pode aparecer nos terminados do mês.
Dos produtos que quero terminar até o fim de 2017 também consegui avançar no perfume que espero terminar no próximo mês. Ainda não sei se consigo mas finalmente está acabando.
Outro produto que tem avançado é o creme para o rosto. Desceu um mísero dentinho nas letras, mas diminuiu. Pelo formato, quanto mais no fim, mais vai aparecer o progresso, então ainda tenho muito pela frente. Quando uso a paleta para aplicar geralmente toco o fundo, mas sei que ainda demora um pouco. Ao menos parece que vai acabar antes do fim do ano.
Junto com o creme tenho usado o corretivo que agora aparece bem o fundo do pote. Estou novamente baixando nas laterais e as camadas estão bem finas. Talvez termine antes do fim de 2017.
Ainda dos produtos que pretendo terminar em 2017, o sabonete esfoliante finalmente começou a baixar com o uso mais frequente. Creio que em mais uns dois ou três meses ele termina e também termino as miniaturas.
O creme hidratante que venho usando também avançou um pouco e pode ser que termine no próximo mês.
Demais produtos que venho usando é praticamente imperceptível. 

Não havia expectativa para mais compras de itens embora eu já esteja com produtos acabando para os quais não tenho reposição. Então pela primeira vez não tenho nada para mostrar. Mas é nada mesmo! Até cheguei a colocar alguns produtos no carrinho mas não finalizei a compra. Em algum momento próximo, voltarei para comprar aqueles produtos.

domingo, 25 de junho de 2017

Item 105: Por em dia os capítulos da Novela

Quando eu fiz a lista, a novela ainda estava no ar e eu não sabia quantos capítulos teria. Eu assistia os capítulos pelo Youtube que ficavam disponíveis algumas horas depois de ter ido no ar na televisão aberta. Então, pela primeira vez, eu estava assistindo uma novela desde o primeiro capítulo. E eu tinha a esperança de conseguir alcançar até chegar no capítulo atual. Eu não lembro qual foi a menor distância que estive entre o último capítulo que assisti e o último capítulo disponível, mas eu lembro que dava para alcançar em algumas semanas. Mas era um fim de semana que eu não assistia e começava a me distanciar. Era um compromisso que aparecia, ou uma viagem, e eu me afastava mais um pouco. Eu sei que daí eu fui fazer a pós graduação e parei de assistir. Depois que a novela parou de ser transmitida, os capítulos ainda estavam disponíveis, mas eu estava mais de 200 capítulos para trás. Quando fui ver, a novela terminou com 545 capítulos e eu tinha assistido só até o 200 e alguma coisa.
Coloquei este item na geladeira e tentei me dedicar a alguns outros itens. Até que um dia, navegando no youtube, percebi que os capítulos não estavam mais disponíveis. Apenas no Netflix. Resolvi deixar por isso mesmo.
Como o mundo dá voltas e algumas coisas que você achava que estavam esquecidas voltam à tona, estava eu procurando um filme para assistir e não consegui achar para comprar o DVD nem para alugar na locadora. Tentei a locação no payperview e fiquei algumas semanas tentando achar no guia de programação. E o filme estava no Netflix.
Apesar de eu ter colocado para mim que iria assinar o Netflix algum dia, esta escolha não me parecia a melhor neste momento. Optei pelo menor pacote. Depois de assistir o tão aguardado filme, fui navegar para encontrar outras opções. E encontrei algumas, inclusive essa novela. 
Como também vi que estava para sair do catálogo, anotei o tempo que faltava e os capítulos que faltavam e comecei a minha maratona da novela. Eram necessários mais de 2 capítulos por dia para conseguir assistir tudo antes de sair do catálogo. Gastei praticamente todo o meu tempo livre que poderia estar fazendo alguma coisa, assistindo os capítulos faltantes. Foram mais de 4 meses intensos com aqueles personagens, e por incrível que pareça, eu não me cansei.
Então finalmente terminei de assistir o último capítulo em 17 de junho e me despedi do Netflix. Claro que eu tenho uma fila de filmes e séries que quero assistir, inclusive para atender alguns itens desta lista, mas por enquanto vou me dar uns dias de descanso e depois volto. Também quero terminar de ler um tanto de livros e tenho mais um tanto de tarefas a fazer no meu tempo livre que ficou intensamente ocupado com esta novela.

Como eu não sabia quantos capítulos teria e cheguei a ficar perto de alcançar, não parecia ser um item tão desgastante, mas a vida muda e acabou ocupando muito mais tempo que eu imaginava. Sim, eu terminei, assisti todos os capítulos e concluí este item da lista. E agora, que venham as outras tarefas mais fáceis.
O novo item da lista semelhante que eu pretendo incluir é:

120. Assinar o netflix e assistir um filme por mês.

E eu também escolhi uma nova série na minha lista de séries não terminadas para ser a próxima. Quero assistir Full House.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Balanço Mensal - Maio

Leituras de Maio


Finalmente terminei Value-Focused Thinking. Tentei focar nas leituras atrasadas mas não tive muito êxito. Fiz muitas leituras aleatórias que contribuem com alguma meta. 

Andamento das Metas

1) Ler 120 livros faltam 74
2) Ler todos os livros comprados até 2012 faltam 20 + 41
3) Manter uma Lista de Espera < 250 livros está em 350
4) Terminar 5 séries (IAN, Mundo de Tinta, Cemitério dos Livros Esquecidos, O'Hurley, Asas) faltam 12
5) Tenho e não lido < 200 faltam 139
6) Terminar a pasta Anteriores e IX faltam 1 + 32 + 13 + 5 + 21
7) Vou ler e não tenho < 100 está em 177
8) Terminar todos do Sidney Sheldon faltam 12
9) Alcançar 1400 livros lidos faltam 78

Consegui trocar mais livros, mas tenho terminado poucos livros meus. Além dos totais, consegui reduzir um pouco dos outros itens, principalmente a lista de espera.

Lista de Junho

Novamente fui displicente na lista. Tentei fazer baixar de 20, mas com os que estavam reservados para junho voltou a passar de 20. Espero conseguir melhorar para julho conforme forem acabando as séries e coleções em andamento.

1. Constituições Federais 3/8
2. Problemas Interessantes de Matemática e Lógica
3. Tecnologia Mecânica v. 03
4. A Maldição do Espelho 47%
5. Os Relógios
6. Ensaios Mecânicos Metálicos
7. Pandora
8. Mistério no Caribe
9. O Caso do Hotel Bertram
10. A Terceira Moça
11. Cem Anos de Solidão
12. Gossip Girl - Carlyles
13. Noite sem Fim
14. Um Pressentimento Funesto
15. A Noite das Bruxas
16. Vittorio, o Vampiro
17. Mil Dias na Toscana
18. A Viagem 31%
19. Amante Libertada
20. Juízo Final

Desculpe está tão atrasado. Tive sérios problemas e não consegui um tempinho para vir aqui atualizar.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

DL - Resumo da Vigésima Segunda Semana

E então, depois de ter voltado a ler, também peguei para reorganizar as minhas listas de leituras. E antes que eu me dispersasse, foquei em tentar terminar as leituras em andamento. E foi assim que consegui avançar nas leituras que eu não terminei em maio mas que consegui terminar nessa semana de 28 de maio a 03 de junho.

Açúcar e Pimenta é o terceiro e último volume da trilogia L.A. Candy de Lauren Conrad que não tem edição brasileira, mas que eu dei um jeito de ler e tirar mais esta série da minha lista de séries em andamento. De certa forma posso dizer que finalmente cai a ficha do que é participar de um reality show e perde completamente a graça para Scar e Jane. Mas agora também tem personagens novos, ou será que é uma velha conhecida renovada. As paixões também se confundem entre passado e presente, mas será que tem um futuro? Eu gostei de ler, mas gostei mais ainda de ter tirado da fila. Nada excepcional que me faça ler de novo. Terminei em 30/05 e avaliei com 3 estrelas.

Uma Vida Própria é outro romance de Linda Howard que estava na minha lista de leitura e eu não estava preocupada em realizar. Como são leituras rápidas, optei por pegar estes romances nesta última semana. Conta a história de Sallie que está separada do marido e consegue adquirir uma vida própria, até que este marido retorna para perto dela como seu chefe. Terminei de ler em 30 de maio e avaliei com 3 estrelas.

A Maldição do Espelho eu tive muita dificuldade em avançar e por diversas vezes tive que voltar alguns capítulos para tentar avançar. Não sei explicar o que aconteceu, mas como todos os romances da Agatha Christie temos uma suspeita de assassinato a ser investigado, desta vez com o auxílio da velhinha mais esperta de St. Mary Mead. Mas o Desenvolvimento está chegando e afetando a dinâmica desta bucólica vila. O que não muda é a natureza humana, da qual Miss Marple pode ser considerada especialista e estudiosa do assunto. Terminei em 31 de maio e avaliei com 4 estrelas.

Baía de Diamantes também é um romance de Linda Howard que separei da minha lista de espera. Fiquei satisfeita de saber que conta a vida de um personagem, Sabin, que já fez parte de outro livro da autora: Além do Arco-Íris. E então terminei em 01 de junho e avaliei com 3 estrelas.

A outra leitura que eu esperava ter terminado esta semana é A Viagem. Novamente, nada contra o livro, a dificuldade foi minha em priorizar a leitura, mas neste momento ainda estou envolvida em terminar as outras coisas que me propus a fazer além de descansar antes que eu não tenha mais oportunidade. Minha lista de leitura continua enorme mas adotei a estratégia de priorizar a minha lista de espera que tem muitos livros curtos, então devo avançar bastante nesta meta no próximo mês. Aos poucos também estou avançando nas outras leituras que estão em andamento. Que as próximas semanas sejam bastante produtivas.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

DL - Resumo da Vigésima Primeira Semana

E então eu estava empacada nas leituras em andamento e ao invés de tentar separar um tempinho para me dedicar às leituras para fazer render, eu preferi largar o foco e procurar outras leituras. Quer dizer, ainda tenho a intenção de terminar os livros que estava lendo, mas nesta semana de 21 a 27 de maio consegui terminar algumas leituras não programadas.

L.A. Candy foi um livro que escolhi pela capa e não me arrependi de ter tentado ler. Não é ótimo, mas é um livro gostosinho da Lauren Conrad. Acompanhamos duas jovens que se mudaram para Los Angeles e estão tentando conhecer a cidade e mudar de vida. Mas tudo isso passa a fazer parte de um reality show que também tem outras duas garotas em busca de sucesso. Terminei de ler em 25 de maio e avaliei com 3 estrelas.

Mentirinhas Inocentes é a continuação de L.A. Candy. Como no volume anterior o término foi abrupto, me senti obrigada a ler o segundo volume, o que foi muito bom já que era este volume que eu havia cadastrado na estante como vou ler. Apesar de todo o escândalo, Jane resolve voltar e tentar resolver a sua situação com Braden e com Jesse, mas não consegue se entender com Scar. Mas tudo bem, porque a audiência do programa não para de subir. Não sei se me interesso pela segunda temporada. Terminei em 25 de maio e avaliei com 3 estrelas.

Eu Mato é um ótimo romance policial de Giorgio Faletti que eu não estava muito a fim de ler mas conforme conseguia avançar não queria mais parar a leitura. Eu sou meio traumatizada com livros com excesso de sangue e este é outro caso. O raciocínio investigativo de Frank Ottobre é impressionante. Apesar de não ter vindo num bom momento e eu ter demorado muito para terminar, recomendo a leitura. Terminei de ler em 26 de maio e avaliei com 4 estrelas.

Então ainda estou com outras leituras em andamento que eu gostaria de ter terminado mas estou satisfeita de pelo menos estar voltando a ler mais um pouco. Agora falta pouco para eu terminar com os capítulos da novela, creio que mais umas duas ou três semanas, e então vou ter um pouco mais de tempo para ler. Também estou terminando uma das minhas tarefas homéricas que pretendo vir contar em breve. E assim vou avançando nas minhas leituras e tentando chegar perto das minhas metas.

terça-feira, 23 de maio de 2017

DL - Resumo da Vigésima Semana

E entre 14 e 20 de maio resolvi dedicar todo e qualquer tempo livro para diminuir uma das tarefas que têm sido intermináveis na minha vida. Por conta disso pouco consegui ler. Ainda coincidiu de eu estar fazendo várias leituras de progresso lento. Em parte por já esperar que isso fosse acontecer que eu já adiantei a maratona de 30 dias de Tartaruga em fevereiro. Quero fazer outra em agosto, mas até lá deveria estar lendo um pouco por dia, todos os dias. Para não dizer que não avancei nada, li 20 páginas de A Maldição do Espelho, li 8 páginas de Como Fazer Chover na Sua Horta, li pouco mais de 100 páginas de Eu Mato e li 40 páginas de A Viagem. Apesar de pouco, estou feliz com o resultado. Espero conseguir avançar para terminar alguma coisa na semana que vem. E então é a terceira semana do ano que não tenho nada para relatar no resumo. Torcida por Momentos Melhores.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Housekeeping 2017 Parte 1

Ano passado eu fiz uma temporada de destralhamento. Ao longo deste período, e essa é uma das postagens mais populares, consegui fazer alguns cantos vazios. Este ano, comecei motivada pelos meus sucessos e acho que tive muitos bons avanços. Não consegui resolver tudo o que queria e estou muito longe de afastar os meus problemas. Olhando friamente, tenho ainda muitas organizações para fazer. Mas estou sendo pressionada para fazer um grande housekeeping. É difícil tentar explicar o que possa ser isso, mas vou tentar: é uma arrumação pesada, de tirar tudo do lugar e jogar fora metade. Como se estivesse mudando de casa.
Acontece que apesar de todos os esforços, mesmo diminuindo a quantidade de coisas, ainda temos muitas coisas. Todos os livros que eu fui capaz de tirar da estante não fizeram nem cosquinha. As pilhas de papeladas que eu joguei fora não esvaziaram mais do que uma gaveta. Os copos e potes que eu tirei da cozinha não liberaram nem uma prateleira.
Eu não acho que uma arrumação deste tipo vai resolver o meu problema. Apesar do maior problema ser falta de tempo e eu preferir fazer no método mais cuidadoso (e portanto mais lento), o que mais está me incomodando é não saber onde estão as coisas. Já tive pelo menos 3 vezes a dúvida sobre se eu ainda tenho e onde está determinada coisa. Então, mais do que arrumar e me desfazer, eu preciso arrumar o que eu pretendo manter de forma a conseguir achar. Então, quais são os planos?
Estou novamente escolhendo setores onde acho que consigo ter resultados ao fazer uma arrumação.
Também preciso dar um fim definitivo em todas as coisas que separamos para dar: um telefone sem bateria, um organizador de talheres, um kit de dispenser para o banheiro, um barbeador elétrico, um aparelho de som. Pretendo fazer uma caixa e mandar embora, mas o problema é: para onde? Até o fim do projeto tenho que definir e resolver.
O prazo que eu estou dando para esta ação é novembro.

No primeiro fim de semana, fizemos novamente uma grande organização do escritório. Conseguimos jogar bons sacos de papéis fora e das pilhas de roupas que perduram consegui diminuir uma. Aqui valeu bastante pelo esforço de devolver para o lugar o que sobrou da festa de aniversário. Já não temos mais tanta coisa guardada, mas ainda temos mais do que usamos.
No segundo fim de semana consegui reduzir um pouco da outra pilha de roupas e organizei parte dos papéis que não estavam classificados e precisavam voltar para a pasta. Infelizmente a pasta já não está mais fechando, vou precisar mexer nela de novo. Precisei arejar uma gaveta de sapatos, lavar alguns e acabei descobrindo uma sandália, com o preço, que eu nem me lembro de ter comprado. Quanto tempo faz que a tenho? Não faço ideia. Estas faxinas são importantes por isso. Ainda estou longe de reduzir os meus calçados numa quantidade que não seja exagerada, mas melhorei bastante em 2016.
Na terceira semana novamente investi no escritório e consegui reduzir mais um pouco da segunda pilha. Em breve devo começar com as sacolas. Também consegui guardar um pouco dos papéis que estavam na sala e no escritório. Aos poucos vou precisar me desfazer das lembranças que fazem na escola. Algumas coisas são muito volumosas. Mais uma caixa foi fora. E as coisas que estavam nela foram para seus respectivos donos. E finalmente conseguimos organizar os conjuntos de blocos de montar. Agora que cabem quase todas as caixas no módulo de brinquedos o quarto até parece um pouco mais arrumado. Ainda temos muito o que fazer neste quarto.
Na quarta semana do mês, consegui montar duas sacolas de roupas que vou passar pra frente e terminei de marcar e guardar a outra pilha de roupa que ainda era grande. A arrumação do guarda-roupa ainda não está boa e por isso mesmo com tudo guardado o acesso ainda é confuso. Terminando de marcar preciso novamente esvaziar, limpar e organizar. Sem ficar entulhado. Aproveitei para esvaziar as sacolas que ainda não havia classificado e sobrou uma nova pilha com o que estava nas sacolas, e este será o esforço para as próximas semanas. Assim que terminar de separar as roupas que estão no escritório ainda preciso terminar com os livros e as revistas.

Ainda estou fazendo a arrumação de forma lenta e confesso estar com uma certa má vontade. Não estou acreditando muito ser possível deixar os espaço mais vazios. A maioria das tarefas sou eu quem me impus, e não me sinto pronta para abandonar. Só espero conseguir avançar mais a partir de agora.
Uma grande verdade para você reduzir a quantidade de coisas é não trazer para a sua casa os excessos. Só o consumo irá reduzir aos poucos. A organização e o destralhe aceleram a redução. Mas o maior engano é esquecer de controlar o que entra na sua vida.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Item 01: Agendar a revisão do carro

O período do projeto já acabou mas ainda estou realizando bastante coisa. É lógico que a maioria do que estou terminando são coisas que estão em andamento faz muito tempo. E esta é uma daquelas relacionadas a calendário. Uma das coisas que eu precisei fazer no último mês foi agendar a revisão do carro. Já percebi que este tipo de tarefa foi um grande erro. Mas além disso, este carro não terá mais que fazer revisão. Já completou a lista de inspeções previstas, agora só faço manutenção preventiva e corretiva.
Pelo tanto que rodo por ano, a revisão do carro demora mais de um ano para vencer. Apesar de ser pouco, é muito complicado ficar sem um dos carros. Então tentamos agendar estas revisões em férias e folgas que não sejam dias trabalhados. Nem sempre consigo coincidir, então requer um grande esforço para conciliar os compromissos e obrigações. Calculei que precisaria fazer 3 revisões durante o período, mas quase que a terceira não ocorre. Essa acabou sendo uma tarefa um pouco delicada, por isso coloquei na lista. 
Nos dois primeiros anos do projeto, de fato fiz a revisão de acordo com o checklist do fabricante. Liguei algumas semanas antes agendando a revisão, deixei o carro no fim do dia, peguei carona para casa. No dia seguinte fiquei em casa e só saí a pé. No fim do dia pedi novamente a carona para me deixar na oficina e fiquei esperando o carro ser liberado para poder ir embora. Numa das vezes o carro foi liberado mas o serviço não estava terminado. Ainda precisei ligar algumas vezes para tentar terminar o serviço.
Por conta disso, este ano, optei por agendar o serviço que pretendia fazer numa outra oficina de confiança. Aproveitei para consertar o ar condicionado que não estava funcionando e solicitei os serviços que estavam vencendo pela quilometragem: troca de óleo, filtro, alinhamento...
Felizmente deu tudo certo e conseguimos fazer em dois dias. A rotina teve um pequeno impacto como das outras vezes.
Quando começa a ficar muito complicado tem que começar a pensar o que está mais valendo a pena. Já estou com esse carro há bastante tempo mas não pretendo trocar de carro, então tenho que tentar me programar para fazer a manutenção e ficar o mínimo possível sem o carro. Agora está bem mais fácil, não dependo tanto de carona e posso delegar algumas responsabilidades, mas a mobilidade ainda é um grande problema das cidades.
Demorei tanto para escrever que já não lembro o dia que fizemos, mas sei que foi no mês de abril. Ficou o aprendizado que eu não preciso de lista para realizar este tipo de tarefa, mas fica a preocupação de me programar para ter opções caso tenha que ficar sem carro. 
Estou com pelo menos mais duas tarefas perto de terminar e venho contar sobre elas em breve. Ainda não atualizei a lista, mas até o fim do ano ainda tenho muita coisa perto de terminar para concluir. É até engraçado pensar que eu não sou mais capaz de listar 100 coisas a se realizar, mas consigo listar umas 20. Então vou manter um pouco deste formato.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Os Livros que Eu Troquei

2016 não foi um bom ano para trocas. Apesar de eu ter feito as pazes com os correios e estar adaptando o meu comportamento com os mimimis de quem troca livro para conseguir trocar mais livros (continuo não enviando fotos, não adianta que isso não vou mudar tão fácil) não estava esperando trocar livros com tanta facilidade em 2017. Agora, o maior limitante são os livros que tenho mas não li que estão cada vez em maior quantidade. Disponíveis para troca tenho mantido pouco mais de 50.
A minha meta era trocar pelo menos 10 livros no ano, se possível, uma média de 1 por mês. É aproximadamente o volume de livros meus que leio no mês. Com isso, levando alguns livros para algumas bibliotecas e trocando outros no sebo, aos poucos consigo chegar na quantidade de livros que pretendo manter em minhas estantes. 
Curiosamente, em janeiro recebi 3 solicitações de troca. Consegui aceitar e enviar os livros dentro do prazo e as pessoas foram bastante solícitas nos contatos e nas avaliações. E assim saiu de casa "Casais Inteligentes Enriquecem Juntos", "Anjos e Demônios" e "A Estrutura da Bolha de Sabão". Com os créditos que adquiri com estas trocas, também solicitei 3 livros que estavam marcados como desejados.
Em fevereiro também recebi uma solicitação logo no começo do mês e que aproveitei e já gastei o crédito logo, com outro livro que estava em desejados. Não foi uma troca tão tranquila, mas enviei "Comprometida".
Em março recebi mais uma de um livro novo que eu tinha duplicado: "A Vingança veste Prada". Esta troca demorou um pouco para ser concluída, só concluí em abril.
Em 1º de abril recebi duas solicitações de troca. Enviei logo que recebi "O Diário da Princesa" e "História de Fantasmas". Agora já estava mais difícil escolher livros para gastar os créditos então demorei um pouco para solicitar. A minha lista de desejados está ficando bastante reduzida, assim como a de disponíveis para troca. Mesmo assim, no fim de abril recebi mais duas solicitações e também corri para enviar. Ainda em abril foram: "A História do Ladrão de Corpos" e "Beber, Jogar, F@#er". Estou preferindo solicitar livros apenas dentro do estado que demora menos tempo para chegar. Por isso, acabei acumulando créditos. Agora realmente tenho que avançar nas leituras para ter mais livros disponíveis para troca.
Em maio voltei a receber solicitações. Desta vez foi "Ciranda de Pedra" que já estava há tempos na minha estante. Fiquei receosa do envio por conta da greve dita finalizada, mas aceitei porque é dentro do estado. Na verdade, estou tendo dificuldades com um livro que foi enviado para mim em outra troca. Por isso estou acumulando créditos por enquanto.
....
Alcancei a minha meta de trocar 10 livros nos enviados no mês de maio, o que é bom. Gostaria de ter lido mais dos livros que adquiri por troca. E também gostaria de ter lido mais livros meus para disponibilizar para troca.
A minha lista de desejados está bastante diminuta. Quase não tenho opções para solicitar se tiver um crédito disponível. Mas na verdade, o que vai fazer diferença é atualizar as minhas listas, cadastrar os livros que completam coleções e atualizar os livros que eu já tenho.
Até o fim do ano espero trocar mais livros. Depois venho contar dos demais que consiga, mas por enquanto 2017 é um ótimo ano para trocas. E também aproveitei para me desfazer de outros livros que tinha mas não tinha a pretensão de reler. Foram pelo menos duas sacolas de livros para diferentes pessoas. Isso não me ajuda a abrir espaço na estante, mas certamente também não me atrapalha. Junto com esta meta de trocar os livros, tenho mais uma de não deixar o meu total de livros passar de 500. Como nem cheguei a atingi-lo, pretendo começar a diminuir a expectativa deste total.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

DL - Resumo da Décima Nona Semana

Resolvi correr com algumas tarefas que estão pendentes há bastante tempo e por isso não fui tão bem nas leituras. De qualquer forma, tentei me dedicar nas leituras que estavam em andamento, principalmente as que estavam na lista de leitura. Entre 7 e 13 de maio consegui terminar alguma coisa.

Ensaio sobre a Cegueira, que foi o livro selecionado no quadro de votação e estava na minha lista de leitura de abril, finalmente consegui ler. Foi também o primeiro livro de Saramago que li e, que livro incrível. Não sei se eu conseguiria assistir ao filme, mas certamente recomendo a leitura do livro. Demorei um pouco para concluir, terminei em 12 de maio e avaliei com 5 estrelas. E que livro incrível. Mal posso esperar para ler o próximo.

Claro que um dos aspectos que me preocupa é a falta de tempo para ler com os compromissos dos fins de semana. E serão vários nas próximas semanas. Enfim, penso que terminando algumas tarefas mais dispendiosas terei mais tempo para as outras ocupações. Estou mais perto de terminar os capítulos da novela, talvez em maio mesmo, e também as roupas que estão diminuindo. As leituras da Agatha Christie precisavam estar mais no fim do que de fato estão, mas tenho procurado me dedicar um pouco toda semana. E a outra leitura que tenho feito, da Virginia Woolf, também não está avançando muito. Tem possibilidade de eu conseguir terminar alguma coisa na semana que vem, mas pode não ser uma das minhas leituras.

domingo, 14 de maio de 2017

A Limpa dos Sapatos

Uma coisa que eu comecei nas minhas férias e que já estava planejando fazer faz tempo são os inventários de produtos que eu tenho em excesso. Mas junto com ele também comecei a fazer uma grande faxina nas minhas coisas.
Da última vez que voltei a falar de sapatos, coloquei 5 que eu queria pensar, trabalhar melhor e conforme for, me desfazer. Apenas o tênis poderia ser substituído. 
Fazendo um balanço, desde aquele dia, a sandália desta foto arrebentou e descartei. 
A sapatilha esportiva eu tenho usado bastante, principalmente com bermuda. E penso que vai ficar até estragar já que é a mais confortável que eu tenho. 
O sapato alto de bico fino eu não pretendo voltar a usar, mas vou guardar para fazer as minhas bagunças.
O tênis ainda está comigo. Eu tenho usado, mas sei que não vai durar muito mais que a sola está descolando.
A bota impermeável eu quase não uso. Sei que ficará comigo por pouco tempo, mas ainda consigo usar às vezes.
Veja que destes 5, um eu não tenho mais e mais um não está mais em uso. Ainda pretendo avaliar os demais por um tempo e destes apenas um faria a substituição.
Mas não só neste 5 que eu trabalhei. Ainda tinha outros sapatos guardados que por algum motivo não estava usando. E continuei tentando colocá-los em uso. 
Primeiro teve um sapato nude que eu tentei usar num evento. Até fotografei e coloquei no instagram depois. O couro rachou, a sola trincou. Usei mais algumas vezes e precisei descartar. Fico tranquila de saber o que esperar dele, mas uma pena que pouco usei. Ele machucava um pouco no tornozelo por isso acabava usando outros ao invés deste. Felizmente estou com mais dois sapatos de tons semelhantes para usar nas mesmas ocasiões.
Também teve uma sandália baixa de dedo que eu gosto muito e usava bastante. Percebi mais ou menos como na outra sandália que estava com a sola soltando. Cogitei colar e usar mais um pouco mas resolvi que esta não seria uma boa opção. Depois disso durou pouco comigo. Também deixei uma foto no instagram quando levei para descarte. Como esta sandália gosto muito e usava muito, preferi comprar uma substituta mesmo que ainda tenha algumas opções semelhantes mas que não gosto muito. A única condição é que deveria ser mesmo uma substituta à altura e não uma parecida. Neste caso acabaria ficando encostada como as demais.
Esperava já ter colocado tudo em uso, mas ainda tenho muito para diminuir. Aos poucos estou colocando em uso intenso estes que estão mais gastos para poder descartar e voltar a usar os outros que ainda estão bons.
Precisei usar um sapato que estava novo, na caixa, em um casamento. E este não me deixou na mão. Como eu ainda tenho outros sapatos pretos, acabo não usando muito e devo deixar para as ocasiões que requerem algo mais formal.
Também experimentei usar uma sandália plataforma que eu gosto muito e não vinha usando. Felizmente o material é bom e ela não estragou por ficar guardada. Estou feliz de voltar a usar.
E eis que a situação me fez comprar uma sandália de festa dourada que eu penso que precisava. Era o único item que eu pretendia fazer substituição para as que eu descartei na limpa anterior. Apesar de ter mais sapatos do que preciso, conscientemente fiquei sem uma sandália de festa para usar com vestido longo que acabei por comprar. Investi numa marca confortável e que eu sei que vai durar e num modelo que poderei combinar com todos os meus vestidos.
Como fiquei sem a sandália de tiras, peguei para usar outras duas sandálias rasteirinhas que eu não gosto muito. Uma delas, estilo chinelinho, dói o calcanhar se eu precisar caminhar. A outra, tem um detalhe no peito do pé que machuca. Então apesar de eu ter usado ambas, abriria mão facilmente. Então sei que elas não são boas substitutas. Por isso, fui atrás de uma para comprar que satisfizesse os meus anseios.
Depois disso tudo, mesmo controlando para não comprar, mesmo nas situações em que parece que o que eu tenho não me atende, acabei descobrindo ainda mais uma sandália que estava com o preço e eu sequer me lembrava de ter comprado. É bom pra eu lembrar de não fazer compras por impulso.
Só neste pequeno balanço, confesso que adquiri dois produtos e descartei 3. Retirei um de uso e adaptei mais 4 que estavam guardados e agora estão sendo bem usados. Conscientemente sei que tenho mais 2 sapatos guardados que não tenho usado sendo que tem mais 2 que pouco uso. 
A minha meta para 2017 é usar tudo o que eu tenho e só comprar os itens de substituição que estão na lista. Por isso vai ser importante ter o inventário. Neste momento, por enquanto, só o que está na lista é o tênis, mesmo assim, quando eu tiver que descartar o que está atualmente em uso. Mas não tenho pressa em comprar e espero adiar tanto quanto possível.
Também tenho como meta esvaziar uma das gavetas que uso para guardar sapatos e usar ela para guardar embalagens de fazer pacotes.
Espero poder vir fazer um novo balanço que eu tenha conseguido descartar calçados sem condições de uso em maior quantidade do que adquiri calçados. Como estou colocando vários para uso intenso, pretendo em breve fazer nova limpa e colocar estes também em uso. E assim estou chegando mais perto da quantidade ideal de sapatos.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

O Prolongamento de um Projeto

Já fazem 1000 dias que eu publiquei uma lista de tarefas que eu vinha adiando e me comprometi a cumprir. Mensalmente cheguei a publicar algumas atualizações e ainda contar sobre a realização dos itens concluídos. A princípio seria uma lista de 100 coisas, mas depois aumentei um pouco e em outro momento cheguei a cancelar mais uns outros itens.
De forma geral, fiquei satisfeita com o resultado. A maioria dos itens não cumpridos eu vou continuar trabalhando para concluir com prazo indefinido. Os itens não iniciados eu me dou o direito de repensar e talvez não fazer. 
Apenas organizando e renumerando os itens que não estão concluídos nem cancelados:

Tarefas Rotineiras:
1. Marcar dentista para mim. (1 vez ao ano)
Cuidados Pessoais:
2. Retirar os sisos ou tirar essa preocupação da cabeça. (0/4)
3. Arrumar uma atividade física.
4. Voltar para a depilação a laser.
Passeios:
5. Visitar Penedo.
6. Visitar o Beto Carrero World.
7. Visitar a Biblioteca Nacional.
8. Visitar um Zoológico.
9. Visitar a Bienal do Livro em SP.
Crescimento Pessoal:
10. Fazer um curso de Corte e Costura ou Tricô ou Crochê.
11. Reinstalar o programa da Roseta Stone e concluir um dos cursos que baixei (inglês, francês ou espanhol).
12. Rever todos os papéis do mestrado, reescrever a dissertação e resolver o que fazer da vida.
13. Aprender programação ASP.
14. Aprender programação HTML.
15. Montar fichas para os estudos.
16. "Aprender" a usar fermento biológico.
Organização:
17. Organizar canto de livros infantis.
18. Atualizar caderno de receitas e excluir as que eu nunca pretendo fazer.
19. Bolar um organização relevante para a estante e dentro disso, separar os livros para troca.
20. Dar um fim nas agendas antigas.
21. Organizar lápis, canetas e borrachas.
22. Dar um fim aos sabonetes, shampoos e condicionadores.
23. Inventariar os cremes e resolver o que fazer.
24. Rever os perfumes. (2/4)
25. Cancelar os cartões que não uso.
26. Organizar os contatos telefônicos e apagar todos os que não sei quem é.
27. Identificar todas as roupas da Ágata.
Casa:
28. Redecorar o quarto da Ágata.
29. Reformar a cozinha.
Trabalho:
30. Fazer uma lista confiável de tarefas.
31. Documentar a intranet.
32. Terminar de limpar o e-mail.
33. Cadastrar de forma eficiente os assuntos de arquivo morto no e-mail.
34. Montar um histórico descritivo das revisões de documentos que trabalhei.
35. Análise de Tempos e Métodos para Procedimentos.
36. Documentar processo de Trilhas de Aprendizagem.
37. Documentar processo de Melhores Práticas.
38. Organizar as pastas de Diretórios Comuns.
Atividades online:
39. Fazer backup do notebook.
40. Cancelar todos os cadastros que me entopem de spam.
41. Limpar contas antigas de e-mail e cancelar de vez as que não uso mais.
42. Desenhar no Photoshop algo que seja usável para o blog.
43. Limpar os aplicativos do Facebook.
44. Fazer backup das fotos que copiei online.
45. Achar uma cara para o blog que me faça ter gosto de escrever mesmo que ninguém leia.
Filmes e Séries:
46. Copiar DVDs sem os trailers.
47. Assistir as séries que estão no plástico.
48. Fazer lista das séries que faltam completar.
49. Montar uma lista de séries da BBC e comprar os que faltam (do estilo que eu gosto).
50. Resgatar nossa lista de filmes e começar a alugar e assistir os filmes da lista.
Livros:
51. Fazer lista dos livros que faltam para completar coleções.
52. Concluir todos os itens da meta 2014. (9/12)
53. Manter apenas uma lista de espera com menos de 250 livros. atual 352
54. Terminar pasta Anteriores. (1+31+13+5)
55. Reler os livros que são importantes para mim. (0/5)
56. Cadastrar na minha estante do skoob todos os livros baixados.
57. Zerar a minha planilha de livros. (363/365) 
58. Terminar todos os livros da Agatha Christie. faltam 31
Compras:
59. Montar uma lista de desenhos da Disney e comprar alguns. (7/10)
60. Comprar uma televisão para o quarto da Ágata.
61. Comprar máquina de pão.
62. Comprar uma caneta nanquim.
Atividades em Família:
63. Fazer as fotomontagens para o álbum de casamento.
64. Montar álbum de casamento.
65. Montar álbum da Ágata.
66. Montar caixa de lembranças da Ágata.
Itens extras: se eu desistir de algum, usarei esses em substituição:
67. Limpar a tinta da escada.
68. Por em dia os capítulos da novela. 401/545
69. Comprar "Em Busca do Tempo Perdido" e ler.

Ainda faltou um item que cancelei porque mudei de ideia e agora se tornou um outro projeto.
Mesmo com a intenção de ter uma quantidade muito maior de itens concluídos, fiquei satisfeita com a quantidade de itens que concluí. 
Balanço Final: gostei da experiência e curti o resultado. Faltou muita coisa que eu também quero fazer. Então vou continuar contando sobre os itens conforme for concluindo. Não se enganem, as coisas que estão em andamento eu vou terminar, mas não estou com a mínima pressa em me dedicar a mais itens. Acho que manter uns 10 itens em andamento está mais do que bom. Estes itens estão em andamento praticamente desde que comecei o projeto. Alguns estão perto de terminar, mas outros ainda preciso de mais de um ano para concluir.
Vou manter a página com a lista e em breve devo editar. Não para fazer uma nova, mas para ter sempre em vista o que eu listei e continuar me esforçando para concluir todos os itens. Também tenho uma pequena lista de itens novos para agregar, mas ainda não sei como vou fazer a numeração. Talvez parta para uma lista 2.
Foi um período muito intenso que repensei os meus valores, me dediquei ao que me faz feliz, mas principalmente ao que eu achava que deveria fazer e principalmente tentar. O foco continua sendo na organização, mas com a adoção de uma vida mais simples estou me libertando de tarefas rotineiras e atividades que me prendem. Aos poucos quero me libertar das responsabilidades, mas para isso preciso aprender a lidar com as minhas posses.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Inventário - Itens de Higiene e Beleza

Achei que seria mais fácil agora que diminuí bastante os itens. Mas daí tem o que fica na bolsa, o que fica na mochila, o que deixa no quarto, o que está na necessaire e então eu tenho mais itens do que paciência para contar.
Então eu fiz um inventário com o que fica sobre as pias e balcão, e dentro do gabinete com portas. Ainda faltam as duas gavetas de baixo de um dos banheiros. Estas gavetas que não encarei são as que guardam as miniaturas e maquiagem e eu quero ver com calma. A de miniaturas já não tem tanta coisa, mas preciso me organizar para não esquecer. Quando preciso de um sabonete ou um shampoo preciso ficar procurando. Devo ter uns dois guardados. Mas ainda tenho outros produtos lá. E a gaveta de maquiagem, pouco mexi desde que comecei a controlar as compras. Quer dizer, até mexi bastante, mas não cheguei a consumir muitos produtos regularmente. O que mais tenho feito é trazido para ela os itens que encontro em outros lugares e sei que são de maquiagem.
Como já tinha organizado os esmaltes, sei que tenho em excesso e estou tentando consumir e não comprar, não coloquei nesta lista. Assim vou tratar à parte por enquanto como a maquiagem.
Os produtos da bancada são os que eu chamo de Da Vez. Agora que finalmente carreguei a foto já está bem desatualizada. A maior parte dos produtos que aparece aí eu já terminei. São os produtos que eu uso diariamente ou com maior frequência para não precisar ficar procurando. Destes, terminei com o desodorante spray, o creme hidratante, o gel de limpeza, o creme para pentear e o outro creme para o cabelo. Ainda tenho produtos repetidos aqui, mas o único item que entrou novo foi o óleo que vai aparecer em outra foto.
Além da bancada também tenho produtos de uso diário que eu chamo de Da Vez nesta prateleira junto ao espelho. Destes produtos, só o protetor solar acabou. Os demais estão em uso. Não posso deixar muitos produtos por cima senão acaba perdendo ou quebrando na hora da faxina, então coloquei os batons que estão abertos e os produtos que separei para os meus projetos.
Ainda em cima da pia eu tenho nichos que coloco produtos que uso com menos frequência mas que quero que esteja de fácil acesso. Por enquanto, só estou usando o creme para as mãos e o creme para o rosto que eu já mostrei antes. Dá pra perceber que os meus excessos estão nos cremes. Os protetores solares e repelentes também prefiro deixar à vista para não esquecer de usar embora não use todo dia. Um destes repelentes já acabou mas tenho outro que coloquei no lugar.
Guardado dentro do armário eu tenho poucos produtos. No caso dos desta foto, o shampoo já está em uso e a mousse de modelar o cabelo também está usado. O spray fixador usei apenas uma vez. Demais produtos estão esperando a vez dele de serem usados. Optei por deixar neste compartimento os produtos maiores que não cabem nos outros espaços que tenho. Como o espaço é alto mas estreito não consigo colocar tudo, mas a minha ideia é esvaziar o outro armário e colocar tudo aqui sim.
Já no armário do outro banheiro guardo os meus produtos repetidos onde venho procurar o substituto quando algum produto acaba e também os produtos infantis. É de lá que estou conseguindo reduzir bastante. Praticamente só tenho cremes e sabonetes como dá pra ver nesta foto. Como optei por usar as miniaturas e os sabonetes esfoliantes, estou com muitos sabonetes em barra. Também tenho dois líquidos. Os cremes também ficaram guardados enquanto eu usava os óleos. Agora que terminei com todos estou voltando a usar os cremes. Mas ainda tenho muitas amostras guardadas. Por isso que fiz aquele combinado de só comprar um quando acabar com 3. Destes produtos, apenas o sabonete esfoliante de açaí coloquei em uso e está bem longe de terminar.
Por fim, ainda tenho alguns produtos infantis. Neste caso também já reduzi bastante. Creio que ainda tenho shampoo e condicionador para um ano inteiro. Mas sabonete eu já vou precisar comprar no mês que vem. Alguns produtos que comprei antes do bebê nascer, ou logo que nasceu, eu acabei não me acostumando a usar ou tive que deixar para usar quando fosse maior. Nisso, alguns eu peguei para usar em mim e outros estou usando aos poucos. Destes, os dois sabonetes já acabaram, um dos sprays de cabelo também, o shampoo amarelo está em uso e o óleo de bebê eu estou usando. O gel de cabelo, o tônico de limpeza, o creme hidratante rosa e o creme para pentear roxo estão em uso.
Eu estava pensando em colocar a lista dos produtos aqui, mas mudei de ideia. Eu tenho tudo anotado num caderno. Agora, olhando estas fotos e pensando nas diferenças entre o dia que fotografei e o dia que estou vindo contar, percebo que nem é tanta coisa assim. Eu estava muito apavorada.
A conclusão que cheguei, resumidamente, é que tenho 2 grandes problemas: sabonetes e cremes hidratantes. Apesar de ter estes produtos em excesso, são produtos que eu uso regularmente. Então, controlando as compras, consigo baixar os estoques. E certamente foi o que aconteceu embora possa não parecer. Como priorizei terminar as miniaturas, estou com muitos sabonetes guardados. Optei por diminuir as categorias de produtos, então, alguns estão se acumulando para que eu consiga eliminar outros. Agora estou tentando usar os sabonetes líquidos que eu não tenho o costume de usar. Então vou deixar os outros guardados mais um pouco. Posso dizer sem chance de errar que de todos os sabonetes e cremes que tenho, uns dois eu comprei. Os outros eu ganhei mesmo. Por isso é tão difícil ficar sem comprar, praticamente não tenho chance de escolher os produtos que uso. E vejo as propagandas ou entro neste tipo de loja para comprar um presente e morro de vontade de experimentar esse ou aquele, mas ainda tenho muita coisa em casa. Então, ao invés de não comprar, estou me propondo a só comprar a cada 3 que terminar. Ainda devo ter produtos para uns 3 anos.
Eu também tinha muitos shampoos e condicionadores infantis, mas praticamente não comprei nada em 2016, apenas a reposição da escola. Então consumimos boa parte do que tinha. Provavelmente em 2017 mesmo já poderei comprar novos produtos. Os outros produtos infantis estão todos abertos e alguns perto de acabar.
A maior lição deste inventário foi ter listado menos de 100 produtos. O total deu 96. E fiquei surpresa com o resultado. Confesso que achei que poderia ser muito mais. Conforme estou usando os produtos, estou riscando da lista. Eu deveria também anotar os produtos novos, mas vou deixar para fazer isso no inventário de julho. Além de evitar comprar, para o inventário de 2018 quero continuar tendo menos de 100 produtos, mas incluindo entre eles os itens de maquiagem. E continua valendo a regra: para os cremes hidratantes eu só posso comprar 1 para cada 3 que terminar. Produtos para o cabelo são permitidos desde que apenas 1 sobressalente. Demais produtos, apenas de reposição.
Maquiagem, que eu uso muito pouco, não estou fazendo muito esforço para acabar, apenas os produtos que tenho em grande quantidade como é o caso dos produtos para a boca. E, por fim, vou tentar acrescentar os esmaltes também se eu perceber que também estou conseguindo reduzir.

Sei que demorei demais com esta publicação e tenho muitas outras mais ou menos preparadas. Vou tentar limpar um pouco a minha caixa de rascunho e publicar estes materiais. 

terça-feira, 9 de maio de 2017

DL - Resumo da Décima Oitava Semana

Novamente, com a ajuda de um feriado e menos compromissos agendados tive a chance de avançar nas leituras que estavam pendentes. Quem viu o último balanço mensal percebeu que eu estou lendo tudo errado em relação à minha lista de leitura que agora está enorme. Nesta semana de 30 de abril a 6 de maio tentei retomar as leituras da lista e avançar no que fosse possível para reduzir a lista de leitura. Infelizmente voltei a perder o foco, mas até o fim do mês tenho chance de avançar bastante.

Value-Focused Thinking é um livro que comecei a ler para um projeto e depois de concluído acabei deixando de lado pela metade. Eu estava fazendo resumos, mas pela falta da necessidade, resolvi parar. Comecei a ler em 2015 mas pouco avancei em 2016. Num dia que faltou luz no trabalho e num fim de semana que só levei o kindle comigo, avancei bastante na leitura e pretendia terminar neste fim de semana. Infelizmente consegui ler pouco e só terminei em 01 de maio. Como um livro técnico, para o fim de estudo, gostei bastante. Para quem não está acostumado, tem muitos estudos de caso que auxiliam no entendimento. A parte de desenvolvimento matemático eu achei que pouco contribui para o aprendizado, mas para a maioria dos engenheiros, matemáticos e físicos, esta parte é imprescindível. Avalio com 4 estrelas.

O Cavalo Amarelo é outro romance da Agatha Christie que eu esperava terminar em abril mas acabei deixando para maio. Infelizmente tive que parar a leitura até terminar O Vale do Terror e acabou não dando tempo de terminar este. Desta vez não tem Poirot nem Miss Marple. Mas gostei da história. Terminei de ler em 01 de maio e avaliei com 4 estrelas.

A Lua de Mel foi outra leitura que resolvi testar para tentar destravar o que eu não estava conseguindo ler e terminei mais rápido do que esperava. Apesar de gostar muito dos livros da Sophie Kinsella, neste eu fiquei com a sensação de que era mera repetição dos outros e não consegui curtir tanto a leitura. Terminei de ler em 02 de maio e avaliei com 3 estrelas.

Azar o Seu! de Carol Sabar estava encostado e eu nem estava pensando em ler até ver uma crítica negativa. Parece que não, mas muitas leituras foram adiantadas por este motivo. Não achei um livro maravilhoso. Mas a personagem principal, a Bia, tem um pouco de mim que eu estava pensando em escrever. Acho que a maioria das pessoas não se identifica com a personagem e por isso é tão fácil não gostar. Foi uma leitura rápida que terminei em 04 de maio e avaliei com 4 estrelas.

O Carioca foi uma edição kindle que estava comigo faz algum tempo por recomendação da autora. Eu não desgostei da narrativa nada convencional da autora, mas ao mesmo tempo não foi confortável. Não sei direito o que dizer. Apesar de nem estar na minha lista de leitura, estava na minha meta a leitura de 2 kindle books, e este foi um dos escolhidos. Foi uma leitura rápida que concluí dia 06 de maio e avaliei com 3 estrelas.

Quero que você me Possua de Maisey Yates foi o segundo kindle book do mês que eu li nesta primeira semana. Ambas são histórias curtas. Terminei também em 06 de maio e avaliei com 3 estrelas. Este parece ser o primeiro livro de uma série, então não sei o que pensar, também. Penso que deveria entender um pouco mais para resolver se gosto ou não. E essa sensação de que não li o suficiente para formar opinião sempre prevalece quando eu leio contos. 

E não é que a lista de livros lidos está crescendo? Infelizmente estou lendo tudo bagunçado e larguei a minha lista de leitura de lado, mas por outro lado, estou tendo dificuldade em avançar nas leituras em andamento e iniciar as leituras que estavam programadas. Não vejo a hora de terminar de assistir a novela para passar mais tempo lendo os meus livros.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Terminados em Abril

Enfim, atrasado mais saiu. Este mês estive com muito finzinho pra terminar. Também voltei a comprar, mas não muito. Logo tenho uma nova lista com os produtos da vez.

Eu juro que tentei usar o envelope que faltava de shampoo 2 em 1 mas não consegui. Secou. Então quase que só usei a embalagem grande de shampoo.
Mas usei uma miniatura de condicionador. Como ainda tenho umas três guardadas, ainda não peguei para usar o condicionador tradicional.
Finalmente acabou o sabonete esfoliante. Ainda no começo de abril. Já falei bastante sobre ele por aqui. Usei duas miniaturas de sabonete líquido. Agora falta mais uma e já estou usando o outro sabonete esfoliante que tinha. Este deve durar muitos meses embora eu tenha listado para terminar em 2017.
Para as regiões mais sensíveis prefiro usar o sabonete em barra, então terminei uma miniatura de sabonete em barra. E a gaveta de miniaturas já está tão vazia que está sobrando espaço. Espero terminar as miniaturas em breve.
Acabamos com mais um sabonete em barra infantil que por engano eu mostrei no mês passado e agora preciso comprar um substituto quando este acabar.
Também acabou o shampoo infantil que estava em uso, mas para esse ainda tenho alguns substitutos.
O protetor solar facial que estava no fim finalmente acabou. Como já tinha outras opções de creme, voltei para o que está listado em 5 para terminar e antes de dezembro quero trazer aqui. Uma pena que o pote seja tão grande, por mais que eu use, parece infinito. Não vejo a hora de poder tirar ele da minha bancada.
O desodorante também finalmente terminou. Já fazia um tempo que estava só um pouquinho. E foi o primeiro item do projeto de terminar até o inverno que terminei. Agora estou usando o último desodorante em creme que eu tenho.
Outro dos produtos do desafio de inverno que terminei foi o creme para pentear. Faltava bem pouco. Agora estou usando o outro que ficava em cima da minha bancada e ela ficou mais clean.
Também terminei um spray de creme para pentear que uso para os cabelos secos.
Fazia tempo que eu não terminava tanta coisa no mesmo mês. Provavelmente não vou ter muito o que mostrar nos próximos meses. É incrível como poucas mudanças podem fazer muita diferença. Ainda tenho mais 3 produtos para tirar da bancada sem reposição. Também estou assinalando o avanço destes produtos na minha lista de inventário e quero ver o quanto que sobra no fim do ano.

Ainda bem que havia pouco produto no spray de cabelo. Usei poucas vezes e ainda não acabou. Vai ficar para os próximos meses. Tomara que eu consiga acabar até junho.
O corretivo finalmente abaixou em todas as laterais, agora voltei a trabalhar no fundo. E enfim, toquei o fundo do pote. Mais uma meta do projeto atendida. A primeira foto é a do início do projeto. Apesar de estar embaçada, não dá pra ver o fundo. Na segunda foto, a da direita, dá pra ver claramente o fundo do pote levemente cinza. Agora já está mais claro de perceber. Como agora uso com o outro creme para o rosto, com protetor solar, percebi um pouco de mudança então deixei de usar algumas vezes. Mas apesar de progresso lento, estou espantada com o tanto que estou consumindo destes produtos.
O gloss é outro produto de avanço lento. As fotos menores são do início do projeto e a maior tirei no primeiro dia do mês. O ângulo da foto não favorece, mas o volume diminuiu. Considerando o tanto de volume que baixou em um mês, já não sei dizer se vou conseguir acabar. Só quero ver o quanto consigo usar até o inverno, se não conseguir acabar vou parar de usar o produto e quem sabe no fim do ano eu volto. Creio que vai sobrar pouco, mas ainda tenho outro produto para os lábios para terminar em 2017.
Por fim, o esmalte consegui usar uma vez. E em outras vezes usei outras cores. Não dá pra perceber pelo ângulo da foto já que o volume baixou muito pouco. Vou precisar me esforçar mais para avançar no consumo deste produto e cumprir esta etapa do desafio. Em breve quero ter mais um esmalte nesta lista de itens para terminar.
A colônia está diminuindo. Gostaria de já estar no próxima colônia, mas a atual ainda demora para acabar. O borrifador parou de funcionar então ao invés de ajudar, atrapalha. Tenho esperança de terminar ao menos um dos potes no próximo mês. E então temos mais um pote para mais um mês.
Dos produtos infantis, agora estou com o condicionador no fim. Não sei quando vai acabar, talvez passe mais um mês. O sabonete também avançou. O gel de cabelo também diminuiu bastante mas ainda tenho produtos praticamente novos.
O lápis e a base quase não tenho usado. Nenhum avanço perceptível. Estou deixando para trabalhar neles em outro momento, mas da forma como vai, não vou chegar neles nunca.
O creme para o corpo que tenho usado avançou bastante, mas ainda preciso de alguns meses para terminar. Até acredito que vou conseguir reduzir bastante o meu estoque até o fim do ano.

Agora já estou precisando comprar itens de reposição com mais frequência. Desta vez foi um creme/óleo/leave-in/sérum para o cabelo para uso em spray. Acabei optando por este óleo da Frutis. Vamos ver se meu cabelo acostuma. Ainda quero testar outros produtos.
Comprei mais um sabonete íntimo agora que o atual está de cabeça para baixo, quase no fim. Já faz alguns anos que eu só usava o Lucretin de Chá Verde e resolvi experimentar este da Nívea porque eu gosto dos produtos da marca.
Ganhamos sabonete, creme hidratante, maquiagem infantil e adesivos para as unhas. Apesar destes produtos não ocuparem muito espaço e não fazerem parte do inventário, se continuar aumentando não vou conseguir guardar junto com os outros produtos.

sábado, 6 de maio de 2017

DL - Resumo da Décima Sétima Semana

É incrível que eu já esteja nesta rotina de resumos semanais e deixe passar a publicação. Novamente poderia ter publicado antes mas fui deixando para depois e acumulou. Entre 23 e 29 de abril consegui concluir algumas coisas mas principalmente voltei a avançar nas leituras que estavam paradas.

Getúlio 1882-1930 de Lira Neto é o primeiro volume da biografia de Getúlio Vargas. Apesar de ter gostado muito também tive bastante dificuldade em avançar na leitura. Quando terminei, fiquei com muita vontade de comprar os próximos volumes e gostaria de fazer em breve, mas sejamos realistas, vai demorar para eu ler, então é melhor deixar para comprar depois. Eu vinha lendo este livro desde o ano passado e até que não era tão grande para eu demorar tanto tempo. Como narra o contexto do nascimento de Getúlio e todos os mal entendidos desde antes de entrar na vida pública dá para conhecer um pouco mais do caráter deste estadista. Também ajudou a entender melhor o contexto das revoluções, e a redação da Constituição de 34 e de 38 (?, não tenho certeza do ano). Em breve quero relê-las e terminar de estudar as constituições. Terminei de ler em 26 de abril e avaliei com 5 estrelas.

O Vale do Terror, de Arthur Conan Doyle, estava na minha lista de leitura há muito tempo. Estava evitando ler enquanto estivesse com leituras da Agatha Christie em andamento. Consequentemente, parei de ler AC para terminar este livro. Um fato curioso deste livro que eu já havia encontrado em outro de Sherlock Holmes é que tem duas partes, a primeira que descreve o crime e a participação de Sherlock e a segunda que narra "o por quê" daquele mistério. A segunda parte não é tão empolgante quando se conhece o desfecho com o crime, mas cuidado, leia até o final que vale a pena. Terminei de ler em 27 de abril e avaliei com 3 estrelas.

Eu tinha a pretensão de terminar mais coisas, mas não consegui um fim de semana tão produtivo. Felizmente muita coisa avançou para terminar na semana seguinte. Espero não ter mais semanas sem ter o que relatar, mas me dedicando mais aos capítulos da novela.