terça-feira, 14 de agosto de 2018

A Tendência das Mães

Não tem uma mãe que não tenha cometido a besteira de achar que outras mães precisam fazer o mesmo que ela fez. Lembrando que crianças não são iguais, temos os dois pontos: o que deu certo para você pode não dar certo para o outro e se você não contar, a pessoa pode estar sem saber o que fazer e você tem a solução mas não contou.
Eu gosto de contar o que eu fiz e o que deu certo. Agora, com dois filhos, principalmente me espanta o tanto que estou reinventando para o segundo. Sempre estive preparada para as diferenças, mas continua me espantando e me frustrando pela forma como acontece. E eu gosto de procurar dicas de outras mães para escolher o que pode dar certo com as minhas crianças. E isso é o fruto da maior insegurança da maioria das mães: conseguir ser uma boa mãe e criar bons filhos.
Eu sei que eu erro, muito. E é curioso como eu perdi o medo de sentar e conversar com o meu marido sobre a insegurança de ter tomado a decisão certa, ou a atitude certa em relação aos filhos. Muitas vezes a nossa preocupação é a mesma mesmo que a opinião seja diferente. 
Então eu quero antes de tudo pedir desculpas por todas as dicas que eu dei que soaram como um manual da boa mãe que eu não sou. Por parecer que eu entendo de um assunto que eu nunca pesquisei, mas me senti no direito de dividir a minha experiência que era só minha. Quero também pedir desculpas para todas as vezes que eu saí contando o que eu fiz sem que a mãe tenha perguntado só pela satisfação pessoal de ter feito algo que deu certo. Eu estava só pensando em mim, e esqueci do sentimento da mãe que teve que me ouvir.
Eu comentei um tempo atrás que eu estava me desapegando de alguns hábitos, e um deles é o de ajudar os outros sem ser solicitada. Provavelmente estou indo por um caminho mais individualista, e porque não, egoísta; de escrever sobre o meu lado e sobre o que só me interessa. Por isso é um blog pessoal. Apesar de eu gostar de procurar opiniões em outros blogues e acompanhar alguns, cada vez mais eu fico com a impressão que posso estar mais desagradando do que agradando com estes textos. Eu tento muito não ser pedante e ficar ensinando outras pessoas a viverem pelas minhas experiências. Eu já evitei amizades com pessoas que tentavam me ensinar a viver ou sentiam que as minhas experiências podiam corrigir as vidas delas. E não é assim que funciona. Eu luto para produzir textos pessoais que possam trazer alguma informação produtiva, mas quem sou eu para ensinar alguma coisa? Sim, eu sou mãe de duas meninas muito diferentes. Gosto de viver intensamente a maternidade. Mas eu só tenho experiência para dividir. Não tenho nenhuma instrução ou conhecimento nesta área que me permita ensinar alguma coisa. Ainda que eu traga dicas, nenhuma delas é sinônimo de sucesso já que cada um é cada um.
Não posso prometer que não vou fazer de novo, mas preciso neste momento pedir desculpas pelos meus excessos. Se tiver algo que eu posso explicar melhor da minha experiência, pode pedir que eu terei prazer em atender. Se eu fui pedante e muito rainha da verdade também faça-me saber que posso tentar melhorar o meu texto. 

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

As Metas de Julho

Eu cheguei num ponto em que preciso diminuir a quantidade de itens na lista mas só consigo realizar as atividades recorrentes. Então não faz diferença alguma, saem itens e entram os mesmos itens. Se continuar assim, eu diria que perde um pouco o propósito e fica sempre na mesma. Mas vamos ver como foi o mês de julho. Eu listei 23 itens e esperava diminuir o total. Consegui realizar 5 itens. Poderia ser um pouquinho melhor que isso. Acho que foi excesso de euforia pelos resultados dos últimos meses.

Organização: Por algum motivo que eu não sei bem explicar, avancei bem pouco. Estou conseguindo marcar as roupas da Marina mas esperava já ter acabado. Não vou conseguir tão cedo.
Estou um pouco travada nos meus projetos. Quero fazer muita coisa, mas não peguei nada para fazer. Nem para separar os materiais reservas, nem para organizar os papéis.

Leituras: Finalmente terminei de ler o livro que faltava do Sidney Sheldon. Pouco avancei em outras leituras mas consegui retomar a leitura de uma série que eu pretendo terminar em 2018. E atingi a primeira meta de leitura de 2018 e estou perto de atingir a segunda. Mas isso fica para o próximo mês.
Como não tenho muita coisa para acrescentar e reduzi bastante nos últimos meses, devo reduzir a quantidade de itens desta seção.

Produtos: Finalmente acabei com o gloss que eu vinha usando desde o ano passado. Ainda estou usando os outros produtos e tenho chance de acabar ainda este ano.
Achei que tinha pouco produto no creme para pentear e sempre que eu batia o pote conseguia tirar mais um pouco. Mas consegui terminar.
Também estou usando os envelopes de creme para o rosto e shampoo, então facilmente consegui diminuir 2.
Voltei a usar com alguma frequência a caneta e a borracha, mas estou vendo que vai demorar para terminar. 
Os doces eu perdi o pique e não estou comendo.
De qualquer forma, também não tenho muita coisa nova para listar e devo diminuir.

Receitas: Eu deveria ter atualizado a lista de receitas que pretendo fazer por prioridade. Em maio eu fiz uma papinha de maçã ok. Mas não havia listado nada do tipo.

Outros: Consegui assistir até mais do que 2 filmes, mas não me dediquei a nenhuma das outras tarefas.

Estou tentando esquecer o que estava listado e gerar a lista real. Mesmo que algumas atividades estejam ficando pelo caminho sem serem realizadas. Foi muito bom poder ver os itens avançando e as metas serem atingidas, mas 2018 não tem sido um bom ano para metas. Fiz muita coisa, mas muito mais deveria ter sido feito. Em breve, novas metas mensais.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Balanço Mensal - Julho

Leituras de Julho



Consegui ler bastante mas não o suficiente para compensar os atrasos dos meses anteriores. Preciso de mais uns dois ou três meses assim.. 

Andamento das Metas

1) Ler 120 livros. faltam 67
2) Manter uma Lista de Espera menor que 250 livros. está em 313
3) Terminar 5 séries da lista. 2/5
4) Tenho e não lidos menor que 200. faltam 129
5) Terminar pasta Anteriores. faltam 1 + 17 + 5
6) Terminar os projetos de leitura em andamento e escolher o próximo autor/coleção. OK
7) Quero ler mas não tenho menor que 100. está em 162
8) Passar de 1500 livros lidos. faltam 61
9) Completar a quantidade de livros propostos das metas de anos anteriores (120+31+57+4). faltam 152

Apesar de atingir a 6 e estar bem perto de atingir a 3 ainda falta muita coisa. A maioria das leituras contribuiu para a 2, mas ainda falta muita coisa.

Lista de Agosto

A lista é a mesma e eu não li nada do que havia listado. Continuo na intenção de terminar a leitura de todos estes livros até o fim do ano, mas já deixei escorregar (de novo!) para agosto.

1. Constituições Federais 3/8
2. Problemas Interessantes de Matemática e Lógica
3. Tecnologia Mecânica v. 03
4. Ensaios Mecânicos Metálicos
5. Cem Anos de Solidão
6.  Amante Libertada
7.  A Ilha Perdida
8. A Grande Rainha
9. A Hospedeira
10. A Senhora da Magia
11. O Mistério do Cinco Estrelas
12. O Prisioneiro da Árvore
13. A Bússola de Ouro
14. Crime e Castigo

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Terminados em Junho

A primeira metade do mês foi bem parada, mas a segunda metade veio cheia de novidades.

Produtos Terminados:
É um pouco difícil de contar e fotografar, mas vou tentar organizar bem.
Terminamos um dos sabonetes em barra infantil de um estojo de 4. Não tive como fotografar porque a embalagem individual é transparente, mas acredito que terminamos o pacote até o fim do ano, então quando abrir o último, mostro a embalagem aqui. Foi o primeiro dos 4.
Também usei dois envelopes deste shampoo anti-caspa. Muito bom por sinal. E já havia usado um no mês passado.
Também difícil de mostrar, terminei com um sabonete em barra da Lux que eu mostrei aqui quando abri. E passei a usar um outro pequeno que estava sem embalagem, então também não aparece.
Já na segunda quinzena do mês, terminei finalmente com o creme facial que vinha usando, mas não pretendo descartar a embalagem. Estou despejando as amostras nela e depois coloco o refil. E como ainda tinha mês pela frente, consegui usar este envelope de loção protetora.

Andamento das Metas:
Com o uso dos envelopes, sei que vou melhorar bastante. Por enquanto, pouco avancei. Chegar aos 100 ainda parece impossível, mas estou melhorando.
Alcancei mais uma das metas em 18/06 ao terminar com o creme facial que me propus a usar este ano. Agora estou certa que vou consumir um bom tanto de amostras para reduzir o inventário e ainda quero começar o creme de 2019 este ano.
Também a meta de produtos para o lábio avançou bastante. Estou terminando um dos produtos e também estou usando o batom que preciso aplicar com o pincel. Então, sei que este também consigo terminar este ano. O último produto que é o outro gloss talvez não termine a tempo, mas gostaria de terminar e já escolher o produto de 2019.
Dos produtos que listei em 5 para terminar, terminei 1 e estou fazendo uso constante de mais 2. Sei que lá por outubro termino o óleo de bebê e talvez antes disso consiga terminar a colônia. Mas os outros dois produtos tenho usado pouco. A base ainda é um mistério e não faço ideia de quanto tem. E o creme de tratamento eu tenho usando muito pouco mesmo. Só por milagre.
Apesar de tanto avanço nas metas ainda estou bem atrasada. O consolo é que ainda tenho um creme para as mãos, um repelente, o batom, uma loção corporal, dois cremes para pentear e um sabonete líquido infantil perto de terminar.

Produtos Novos:
Ganhei novamente uma lata com o sabonete líquido de recém-nascido e um pacote amostra de lenços umedecidos para bebês. Como estou levando para a escola, tudo está mudando e espero usar em breve.
Precisei comprar mais pasta de dente e aproveitei para repor as esponjas de banho que já estão antigas, mas estes itens não contam.
Como o meu creme para pentear está falhando, quase não consigo retirar produto, aproveitei para comprar um substituto. Espero que meu cabelo goste deste produto porque ele é mais dois em um: funciona para cabelos úmidos e secos.

Novamente fiquei esperançosa agora que estou conseguindo usar muitos produtos pequenos apesar de ter exagerado nas compras.

domingo, 8 de julho de 2018

Balanço Mensal - Junho

Leituras de Junho



Continuo sem conseguir um avanço significativo, mas gostei das últimas leituras que fiz. Estou conseguindo disponibilizar bastante coisa para troca, então está bom.

Andamento das Metas

1) Ler 120 livros. faltam 83
2) Manter uma Lista de Espera menor que 250 livros. está em 325
3) Terminar 5 séries da lista. 2/5
4) Tenho e não lidos menor que 200. faltam 129
5) Terminar pasta Anteriores. faltam 1 + 17 + 5
6) Terminar os projetos de leitura em andamento e escolher o próximo autor/coleção. falta 1
7) Quero ler mas não tenho menor que 100. está em 162
8) Passar de 1500 livros lidos. faltam 76
9) Completar a quantidade de livros propostos das metas de anos anteriores (120+31+57+4). faltam 168

Comecei a me atrasar bastante nas metas. Finalmente pude atualizar a lista da meta 2 e não estou muito perto de atingir, só mesmo a 6 e a 3. Em seguido volto a olhar pela 5 e pela 7.

Lista de Julho

E a lista em nada mudou novamente. Ainda tenho leituras segregadas que não consigo dar vazão. Então quero encarar para terminar esta e outras tantas listas que tenho por aqui.

1. Constituições Federais 3/8
2. Problemas Interessantes de Matemática e Lógica
3. Tecnologia Mecânica v. 03
4. Ensaios Mecânicos Metálicos
5. Cem Anos de Solidão
6.  Amante Libertada
7.  A Ilha Perdida
8. A Grande Rainha
9. A Hospedeira
10. A Senhora da Magia
11. O Mistério do Cinco Estrelas
12. O Prisioneiro da Árvore
13. A Bússola de Ouro
14. Crime e Castigo

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Otimizando o Serviço

Foi muito difícil o período em que estivemos tentando engravidar e sei que muita gente passa por isso. Mas me pego pensando no que pode ser determinante para uma gravidez. Não é fruto do amor, ou não seria possível engravidar num estupro. Não é fruto de saciedade por que muitas mulheres têm filhos antes de descobrir o que é um orgasmo.
Eu sempre falei que a gravidez é uma dádiva. Não tem como dizer de outra forma. Tantas pessoas descobrem muitos problemas clínicos e mesmo assim conseguem engravidar. Ao mesmo tempo outras não tem nenhum problema clínico e mesmo assim não acontece. 
Eu fiz tudo o que precisava ser feito e deveria esperar a minha dádiva. Posso não ser merecedora se continuar seguindo nesta linha. Mas não é este o ponto. O ponto é que parece que não se trata simplesmente da compatibilidade genética, do perfeito funcionamento dos órgãos e do ato em si. Algumas vezes não acontece por que não é a hora de acontecer. 
Meu desejo não era insano. Já tínhamos uma filha e sabíamos que temos condições de criar mais uma criança. Ainda tenho uma idade que a fertilidade não está tão baixa. Então o que me impede de ter este bebê?
Esta resposta não está disponível. Pode ser qualquer coisa. Mas não é algo que esteja em ambiente controlado. Não é algo que dependa da minha vontade ou do meu esforço. Ainda que eu faça a minha parte ainda preciso da minha parcela de sorte ou fé. 
Ainda estou estruturando tudo o que eu me pus a fazer para me preparar. Ainda estou passando pela etapa de encerrar projetos para iniciar outros. Ainda estou com variações no sono que me fazem ter picos de energia e falta de sono.
Mas estou voltando para o tempo que eu tenho e o que eu consigo fazer. Pode ser que demore mas pode ser que seja já amanhã.
Eu não sou ninguém para ensinar como engravidar. Mas considerando o tanto de dúvidas que as pessoas têm quando eu toco no assunto, resolvi perder um tempinho relatando algumas informações. Nada é garantia de sucesso, já disse isso por aqui. A principal mensagem que eu queria deixar é: use os recursos disponíveis para otimizar o serviço e reduzir a frustração.
A primeira dica é: conheça o próprio corpo. A maioria das mulheres que converso diz que tem o ciclo irregular e por isso é impossível saber quando está nos dias férteis. Isso não é bem assim. Por mais vergonhoso que seja, tente anotar exatamente quando é o primeiro dia do ciclo em alguns meses e verifique o intervalo entre estes primeiros dias. Talvez demore muito mais de 3 meses para você identificar um padrão. O importante é ter noção se o ciclo é de 28 dias ou de 35. E pode ser qualquer intervalo entre. 
Depois disso é importante tentar perceber os sinais da ovulação. Não é o fim do mundo. Parece um pequeno corrimento, semelhante à menstruação, mas incolor. O cheiro é bastante peculiar. E ocorre geralmente na metade do ciclo. Os dias férteis ocorrem até 4 dias antes da ovulação. Então observe para reconhecer e se preparar.
Outro aspecto importante é não se cobrar. Quanto mais se conhecer, mais fácil é saber o que está acontecendo e tomar a melhor decisão. Eu resolvi ouvir aquele monte de conselho que as pessoas dão e acho que quando se está tentando, não custa nada arriscar estas dicas. Pode ser que não sirva, mas pode ser que aconteça. Pode não ser de primeira ou pode nunca acontecer. Mas ter a chance de receber a sua dádiva é maravilhoso.
Depois de toda esta tensão até conseguir engravidar, passei por outro tormento no fim da gestação. E voltei a refletir no que poderia estar errado, principalmente se eu estaria disposta a me sujeitar a tudo isso de novo. E a minha resposta têm sido não. Pode ser que um dia eu mude de ideia, mas por enquanto eu revejo todo o sofrimento e a tensão e penso que não quero passar por tudo isso mais uma vez.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

As Calças de 2017

Um balanço que eu fiz e me chateou foi os espaços vazios que conquistei em 2016 e voltaram a ser ocupados. Meio que pra me convencer que tudo está sob controle, retomei os itens que passaram a estar confinados para que eu não volte a procurar mais espaço para eles. E esse é o caso das calças. 2017 foi um ano terrível neste sentido de manter os espaços reduzidos. Mas vejam o balanço do que entrou e o que saiu.

O que entrou:
Tudo começou porque eu comprei novas calças de cores diferentes para preencher com opções para as calças que eu retirei. Estava com uma calça jeans gasta que provavelmente não duraria o ano todo. Por isso resolvi comprar uma mais clara, indo pro bege. Na última limpa, além de eu ter tirado as calças que eu não gostava e não me vestiam bem, contava em usar mais saias. Mas a realidade é que eu uso mais calça para trabalhar. Como a maioria das minhas calças sociais é preta, procurei uma que não fosse preta. Acabou que eu não gostei de nenhuma opção que experimentei. A que ficou melhor foi uma azul marinho. Ainda acho que seria bom ter mais uma calça social, de preferência estampada (xadrez, listas, risca, ou algo do tipo). E aqui eu cometi o primeiro erro, experimentei 4 ou 5 calças e separei 3, mas duas eram quase da mesma cor, eu pretendia escolher uma e guardar a outra. Quando eu cheguei em casa e fui guardar, havia comprado as 3. Eu resolvi não voltar na loja para trocar (ou devolver) e simplesmente dar uma chance para a que eu me adaptasse melhor. 
Também voltei a usar algumas calças que estavam guardadas e não estavam me servindo bem. A ideia era usar por um tempo e resolver se quero realmente guardá-las ou não faz o meu gosto. Mas eis que alguns meses depois eu descobri que estava grávida. Consegui adiar usar roupas de grávida até setembro. Antes disso, a minha barriga era pequena e eu conseguia disfarçar com roupas mais largas. Então, em setembro comprei uma calça de gestante. Eu já havia procurado antes e evitado comprar por impulso. Mas assim que comprei, estava usando quase que direto.
Não comprei e não pretendo comprar mais nada até o final da gravidez. 
Total: + 4.

O que saiu:
Uma das calças de gestante que eu vinha tentando usar, definitivamente não faz o meu gosto. Como consegui outra calça emprestado e também comprei uma do meu gosto, esta eu dei na primeira oportunidade. Não vai me fazer falta e não estou usando. Prefiro muito mais as outras opções de calças que tenho.
Assim que puder voltar a usar as minhas roupas, com certeza as outras duas calças de gestante (e também a bermuda) vão para outras pessoas. Mas daí é só depois né. Em 2017, elas estavam comigo, e eu estou usando. Apesar de ter muitas calças guardadas que não me servem, de nada adianta passar pra frente sem saber se vão voltar a me servir daqui a 3 meses. E é bem provável que muitas sim. 
Tenho uma calça social que eu gosto muito mas está queimada de ferro de passar. Vim usando assim mesmo, mas fiquei mais atenta ao separar a roupa para passar. Essa, mesmo que eu resolva descartar, pretendo procurar uma substituta apesar de ter outras calças pretas. Eu me propus a esperar até que tenha dispensado a faxineira de passar roupa para comprar uma calça social nova. E devo tentar manter este prazo, mesmo que para isso tenha que continuar usando uma calça com marca de queimado no bolso.
Total: -1

Balanço Final:
Precisava que continuasse o mesmo tanto ou até mesmo diminuísse, mas não deu muito certo. Aumentei a quantidade de calças em 3, mas nem todas posso usar neste momento. Mas com exceção das poucas roupas de grávida que comprei depois, a única compra que fiz foi aquela primeira, no começo do ano. Agora, a expectativa é continuar sem comprar até ter um corpo de volta para descobrir o que eu preciso e o que eu não gosto mais. Apesar de estar apertado, as roupas ainda estão cabendo no pouco espaço que determinei. Ao longo de 2018 espero ser capaz de reduzir. As duas de grávida já estão separadas. Tem uma jeans que está bem rasgada e não deve durar muito. Já as outras, terei que usar algumas vezes e descobrir o que me convém.