segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Terminados de Julho

Mês passado eu não terminei nada... E quase que em julho também não termino nada.

Diminuí muito o consumo dos produtos por conta das mudanças na rotina. O que eu consegui terminar, foi no final do mês, uns dias atrás. Terminei uma miniatura de condicionador que estava por aqui e só tinha um restinho. Agora estou usando a última que tenho.
Também terminei um dos potes da colônia que vinha usando, mas como quase sempre esquecia de usar, ficava sempre um restinho. Ainda tenho um pouco desta colônia no frasco do borrifador que deve durar um bom tempo.
Terminamos um sabonete em barra infantil e então partimos para um sabonete líquido de embalagem grande. Agora demora para acabar. Acabei nem tirando foto.

Ainda tenho muitos itens para retirar da minha bancada. Os produtos que estão diminuindo e devem acabar em breve são principalmente os cremes. A loção hidratante que eu vinha usando já está me enjoando com o cheiro. Felizmente voltei a usar algumas vezes e provavelmente consigo terminar no próximo mês.
Também venho usando um óleo para bebê, mas este uso muito pouco e sei que deve demorar muitos meses para acabar.
O creme para o rosto também baixou bastante, mas como uso pouco, mesmo que todo dia, ainda demora mais uns meses para terminar. Em julho usei também um protetor solar facial em amostra que tinha. Praticamente acabou. E a outra que levei eu dei para outra pessoa. Diminuiu um pouco o meu estoque de amostras.
O terceiro produto que está acabando é o corretivo. Espero terminar no próximo mês, agora que está avançando rápido. Este será só para esvaziar a bancada mesmo.
E também estou com a colônia em uso para terminar nos próximos meses. Como também tenho relegado ao esquecimento, dificilmente acabo em um mês.
O sabonete esfoliante deve terminar em mais um mês. O sabonete em barra ainda dura mais um pouco, mas ainda tenho outras miniaturas. Finalmente estou perto de terminar com todas as miniaturas, mas a verdade é que ainda tenho muitos produtos em casa. O último produto que espero retirar da minha bancada é um sabonete em barra que gostaria de abrir logo, mas ainda quero terminar as poucas miniaturas que faltam.
Apesar de usar o batom todos os dias, pouco diminuiu de volume durante este mês e um pouquinho do mês passado. Considerando o tempo que falta, não é impossível terminar até o fim do ano, mas é bem pouco provável.

Ainda tenho tentado resistir e não comprar novos produtos. Em geral estou indo bem. Alguém já ouviu falar do clube de assinantes Abril? Eu costumava receber, em alguns meses, amostrar de produtos que vinham na revista (que tenho assinatura). Nos últimos dois meses, recebi um pacote com o produto da amostra. São estes dois da foto (desculpe que ficou completamente desfocada). São amostras, relativamente pouco produto, mas em quantidade bem maior do que as que costumavam vir antes. Não sei se virão todo mês, mas conforme conseguir usar venho comentar sobre os produtos. Felizmente não comprei nada. Então devo ter um saldo negativo no meu inventário. Resolvi não fazer novo inventário no meio do ano, mas farei um novamente em dezembro. Estou certa que diminuí em muitos produtos, mas precisava ter diminuído ainda mais.

Sei que estou bastante atrasada, mas não percebi como o tempo passou tão rápido.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Housekeeping Parte 2

Neste segundo mês, por conta de fatos novos que surgiram, estou tentando dedicar um pouco mais de tempo ao housekeeping nas atividades da semana.
Na primeira semana foquei em descansar. Ainda tenho algumas tarefas longas em andamento que quero terminar. Tenho atualizado estas tarefas na páginas de Metas Mensais.
Também separei duas sacolas de roupas e objetos infantis para levar para outras pessoas.
Nesta segunda semana estive um pouco mais disposta em tentar concluir a marcação das roupas que estão separadas e separar as que estavam guardadas. Assim que terminar de marcar o que está separado, tudo estará identificado. Não tem sido tarefa fácil e nem está tão perto assim de acabar, mas certamente já passei da metade.
E o último esforço desta semana foi começar a colocar numa mesma caixa todos os objetos que devem partir e deixá-los próximos à saída. O destino eu já imagino qual seja e pretendo deixar pronto para quando precisar levar.
Precisei descartar um tênis infantil que já não estava em condições de uso. E juntamente separamos mais 3 calçados infantis para serem levados para outras crianças.
Eu fiquei 3 semanas paradas. Não tive disposição para fazer nada. É claro que sempre consigo separar uma coisa ou outra para doação, principalmente roupas. Mas não quer dizer muita coisa. A pilha de roupar para dobrar e guardar estava enorme. E a minha rotina de lavar/passar roupa esteve completamente quebrada. Também mal cheguei na cozinha para preparar alguma coisa e nem os produtos de consumo consegui avançar. Então a minha casa está novamente uma bagunça.
Não sei como estabelecer metas para estas atividades de housekeeping então estou apenas listando os meus esforços para não deixar esmorecer.
Aos poucos, nas últimas duas semanas, voltei a separar mais algumas roupas e já levei duas sacolas de casa. Também conseguimos separar alguns brinquedos para levar para a escola. E voltei para as identificações das roupas e agora estou diminuindo as sacolas com roupas novas.
E na última semana deste período novamente acelerei para terminar a pilha de roupa. Consegui reduzir a maior pela metade, mas ainda tenho mais coisas chegando. Estou muito longe de terminar mas estou conseguindo algum avanço.
Nos próximos meses terei o desafio de realocar tudo o que está em um dos guarda-roupas para poder reformar. Por isso era tão importante que o housekeeping estivesse funcionando. E comecei a achar um monte de coisa que poderia já ter sido usado. Separei alguns enfeites com doces para distribuir na volta às aulas. E continuo procurando achar destino para outras tantas coisas que temos em casa.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

O Começo de Mais Projetos

Apesar de toda a frustração que fiquei carregando ao longo das negativas, tive determinação para começar a olhar para os novos projetos. Quer dizer, 9 meses passam muito rápido, e algumas coisas já vinham sendo adiadas. Então preciso aproveitar pra fazer agora.
Uma decisão que vêm me apreendendo é manter ou não a diarista que faz a faxina. Não me sinto preparada para assumir todo o serviço da casa de novo apesar de estar perto disso em relação à roupa. Também preciso fazer o mesmo em relação à cozinha e os alimentos congelados. Eu coloquei para mim que posso ficar sem ajudante quando estiver com uma rotina simplificada, mas no ritmo que estou indo ainda vai demorar para me ver pronta.
Ainda nessa ideia estou correndo para terminar todas as tarefas dispendiosas que eu me coloquei para ter mais tempo para os projetos que realmente são importantes.
Estou me apegando às várias atividades que me prendem a atenção na vã tentativa de me sentir ocupada e não ver o tempo passar. Como podem perceber a ansiedade é tanta que só posso tentar deixar a mente e o corpo ocupados para tentar parar de pensar nisso. O sono já não está como antes e por isso tenho passado mais tempo lendo e assistindo séries. Apesar de não estar em condições de pensar em forma física também tenho aproveitado para sair e fazer algumas caminhadas para gastar energia e preparar o corpo.
Eu ainda tenho produtos em casa que vou ter que cortar no caso de uma gravidez. E quero acabar com eles antes do resultado positivo. Os meus projetos de acabar com o que tenho estão me ajudando e já diminuí muita coisa que espero não mais entrar em casa. Ainda tenho alguns produtos para terminar em casa e que precisava terminar e selecionar outros tipos de produtos mais adequados para o uso. Neste momento não tenho restrições, então estou usando os que eu terei que abandonar em breve.
Tenho algumas arrumações na sala e no quarto que eu deveria terminar para ter espaço para reformar alguns móveis. E então comecei a procurar imagens do que eu gostaria, dentre os móveis que eu preciso mexer para já ter um projeto de reforma. Por enquanto a cozinha vai ficar para trás. Não quero mexer nela por enquanto.
E também estou fazendo uma lista de itens para bebê que eu não tenho, ou não tenho mais e que gostaria de comprar para o novo bebê.
Muitas mulheres já começam a tomar ácido fólico neste período, mas eu confio na indicação da obstetra que não julgou necessário e por isso deixo para a primeira consulta do pré-natal.
Uma das coisas que preciso me antecipar e ocupei muito tempo fazendo foram as imagens de móveis que imagino para iniciar a reforma do quarto. Temos 3 quartos no apartamento, um deles convertido em escritório e quarto de hóspedes. Não penso em fazer dele quarto de criança. Num primeiro momento, mesmo que sejam de gêneros diferentes, quero colocar no mesmo quarto, que é grande. A proposta é fazer móveis planejados para todos os cômodos que não os tem. Estivemos guardando dinheiro para isso. E a instalação será feita sem que o imóvel seja desocupado. Então temos algumas ideias para o guarda roupas e para um beliche com cama auxiliar. Para completar o quarto quero um espaço para guardar brinquedos, por enquanto um berço e futuramente também uma mesa de estudos.
O guarda roupas é o meu maior tormento. Mesmo aumentando o espaço utilizado para guardar as roupas tenho ele quase que inteiramente tomado e entulhado. Já separei um espaço para guardar roupas que estão grandes e o que estou mantendo para um novo bebê (lençol de berço, cobertores, fraldas, fralda-toalha, pano de boca...). Tenho certeza de que não preciso de uma cômoda, mas gostaria de conhecer uma solução para que consiga usar apenas o espaço que eu tenho. E não me venha falar que é só comprar menos coisa, porque já diminuí muito a quantidade.
Como o pacote de reformas vai envolver os outros cômodos da casa também preciso terminar de marcar as roupas, levar as costuras e artesanatos para o escritório e diminuir os materiais que tenho na sala. Definimos que a estante deve limitar o espaço de objetos, ela não pode aumentar. Então para abrir espaço para mais coisa, terei que tirar coisas dela. Não tenho muitos enfeites que possa descartar, mas a papelada e os livros eu estou diminuindo. Não vai dar tempo de ler tudo o que eu tenho parado e conseguir trocar e doar os livros que não quero manter, mas estou trabalhando na organização da estante para já ir separando e levando embora na medida do possível. O mesmo vale para os vídeos e DVDs que tenho guardados na sala. Já regravei os que estavam com problemas mas ainda tenho mais coisa para separar. Finalmente comprei o case para guardar os discos que ocupa muito menos espaço. Agora preciso fazer os álbuns de fotos e organizar com os álbuns que já temos.
Quero fazer uma nova leitura dos livros que tenho sobre gravidez e bebês. Também quero comprar os que estão faltando. E desta vez concluir a leitura antes. 
E como nada na vida é linear, apesar de querer começar a fazer todos estes projetos, preciso terminar os projetos que estão em andamento. Se começar a ficar muita coisa, vou ter que abrir mão de algumas ideias para tocar os demais projetos. De certa forma eu sei que todos estes momentos dedicados ao filho mais novo que ainda não nasceu afetam a insegurança da mais velha. Eu quero que ela perceba o quanto que os pais se preocupam com ela e fazem as coisas para ela, mesmo tendo coisas para se preocupar do bebê. Ainda tem que ocorrer de forma lenta para que consiga participar de todos os planos e a escolha. Apesar de pedir muito o irmão, não temos garantia de que não haverá ciúmes. Dar importância à sua individualidade e ainda colocar a criança para participar das decisões da família auxiliam na aceitação do irmão.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Ensaio sobre a Cegueira

Eu havia deixado um quadro de votação para a próxima resenha dentre as leituras que eu tinha listado. Mas eu comecei a repensar o que estava fazendo e não estava pensando em continuar usando o quadro de votação. Então peguei a minha lista de livros e organizei na forma de leituras por mês. Acabou que o livro que foi mais votado foi o que eu deixei por último. Como eu mantinha o propósito de comentar sobre o livro mais votado, agora que terminei não poderia deixar de vir contar.
Ainda estou devendo uma resenha do primeiro livro que coloquei em votação. Tenho bastante material escrito mas não está finalizado. A proposta é continuar disponibilizando o quadro de votação com o que já está na minha lista de leitura e mesmo lendo todos, só vou comentar sobre os que forem votados ou os que eu julgar necessário.
Confesso que eu tinha uma apreensão em relação a este livro. Achei que seria uma leitura difícil e por isso reservei dois meses para a leitura. Eu já li um livro do autor, mas esperava algo bem diferente. Felizmente foi uma leitura até que rápida, fiz em cerca de uma semana. E me arrependi de ter demorado tanto tempo para ler.
Ensaio sobre a Cegueira conta um episódio de um homem que simplesmente cegou enquanto aguardava o sinal abrir. Só que tem duas coisas estranhas nesta cegueira: a primeira é que é uma cegueira branca, ao invés de ver tudo escuro como se tivessem apagado a luz, o cego enxerga tudo branco, como se estivesse ofuscado pelo excesso de luz. E a segunda coisa estranha nesta cegueira é que é uma doença altamente contagiosa. Mas que por algum motivo algumas pessoas não se contaminam.
O primeiro cego, após ser examinado por um médico, volta para casa. Este médico, intrigado com esta nova doença, fica estudando e acaba também cego, sem descobrir nada sobre a doença. Ao contatar as autoridades, estas os colocam em quarentena, mas pelo risco de contágio, ninguém fica exatamente perto. O resultado é que a epidemia continua se expandindo de uma forma alarmante.
Será que as cidades estão preparadas para uma população de cegos? Claro que não, tudo foi adaptado para socializar o cego, mas não para permitir a co-existência de cegos sem qualquer auxílio. E este é o principal conflito de todo o enredo.
Os cegos confinados estão sujeitos a regras e novamente somos levados a repensar os sistemas de gestão (entenda-se como forma de governo). Em alguns momentos não teve como não lembrar de "A Revolução dos Bichos". Mas não tem nada em comum, apenas o tipo de reflexão.
Tentei me colocar no lugar de algum dos personagens, mas é impossível saber como reagiríamos. De uma forma geral, os personagens são bastante realistas, mesmo o ser bom/ser mau não é estereotipado.
De uma forma geral, recomendo fortemente a leitura. Não considero uma leitura difícil em termos de linguagem do autor, mas tive alguma dificuldade em avançar no começo.
Estou um pouco desanimada com a minha lista de leituras pendentes e estou com dificuldades em segui-la. Já liberei um novo quadro de votação que não me ajudou muito. E mesmo esta resenha demorou meses para eu finalizar.
Estou lendo bastante e estou tentando manter as leituras nas minhas listas de metas. Também estou analisando todas as listas pendentes para parar de me impor desafios e simplesmente terminar o máximo de metas pendentes. Então estou voltando para as metas de 2014. Aguardem mudanças para 2018.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Balanço Mensal - Julho

Leituras de Julho


Aos poucos estou melhorando no cumprimento de minhas metas. Avancei em várias delas mas principalmente, consegui ler em maior quantidade. Quero tentar manter este ritmo até o fim do ano.

Andamento das Metas

1) Ler 120 livros faltam 45
2) Ler todos os livros comprados até 2012 faltam 19 + 40
3) Manter uma Lista de Espera < 250 livros está em 340
4) Terminar 5 séries (IAN, Mundo de Tinta, Cemitério dos Livros Esquecidos, O'Hurley, Asas) faltam 12
5) Tenho e não lido < 200 faltam 142
6) Terminar a pasta Anteriores e IX faltam 1 + 27 + 13 + 5 + 21
7) Vou ler e não tenho < 100 está em 174
8) Terminar todos do Sidney Sheldon faltam 8
9) Alcançar 1400 livros lidos faltam 50

Não tenho dúvidas de que estou fazendo progressos, mas parece que não vou chegar a lugar algum. Comecei a escrever as minhas metas para 2018. Considerando tudo o que está acontecendo na minha vida, pretendo fazer algo bem menos pretensioso. 

Lista de Agosto

Desta vez acrescentei a mesma quantidade de livros que pude riscar da lista anterior. Não foi um grande avanço, penso que estou conseguindo avançar num ritmo bom para poder voltar a diminuir a lista. Espero que a lista de Setembro não passe de 20.

1. Constituições Federais 3/8
2. Problemas Interessantes de Matemática e Lógica
3. Tecnologia Mecânica v. 03
4. Ensaios Mecânicos Metálicos
5. Cem Anos de Solidão
6. Gossip Girl - Carlyles
7.  A Noite das Bruxas 2%
8. Vittorio, o Vampiro
9. Amante Libertada
10. O Clube dos Anjos
11. Passageiro para Frankfurt
12. Nêmesis
13. A Mina de Ouro
14. A Ilha Perdida
15. A Grande Rainha
16. Os Elefantes não Esquecem
17. Portal do Destino
18. Os Primeiros Casos de Poirot
19. Noite e Dia 35%
20. A Hospedeira
21. A Senhora da Magia
22. Cai o Pano
23. Um Crime Adormecido
24. Os Últimos Casos de Miss Marple

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Balanço Mensal - Junho

Leituras de Junho


Esta semana vou tentar publicar tudo o que está atrasado. Também teremos muitos resumos semanais. Em junho mudei a estratégia de escolha das leituras e o total avançou bem. Me distanciei de algumas metas e avancei em outras. Ainda tenho muitos romances curtinhos para ler que quero avançar na leitura em 2017. 

Andamento das Metas

1) Ler 120 livros faltam 64
2) Ler todos os livros comprados até 2012 faltam 20 + 41
3) Manter uma Lista de Espera < 250 livros está em 344
4) Terminar 5 séries (IAN, Mundo de Tinta, Cemitério dos Livros Esquecidos, O'Hurley, Asas) faltam 12
5) Tenho e não lido < 200 faltam 142
6) Terminar a pasta Anteriores e IX faltam 1 + 29+ 13 + 5 + 21
7) Vou ler e não tenho < 100 está em 174
8) Terminar todos do Sidney Sheldon faltam 10
9) Alcançar 1400 livros lidos faltam 67

Consegui trocar mais livros, mas tenho terminado poucos livros meus. Além dos totais, consegui reduzir um pouco dos outros itens, principalmente a lista de espera.

Lista de Julho

Esta lista está bastante hipócrita. Não tirei as leituras que se arrastam de meses anteriores, mas na verdade, eu redistribuí ao longo dos meses e estou com uma lista mais realista. Mas como aqui vou deixar a versão hipócrita, a lista está enorme mas com a tendência de reduzir bastante a partir do próximo mês. Espero que seja o último pico.

1. Constituições Federais 3/8
2. Problemas Interessantes de Matemática e Lógica
3. Tecnologia Mecânica v. 03
4. Ensaios Mecânicos Metálicos
5. Pandora
6. Mistério no Caribe 64%
7. O Caso do Hotel Bertram
8. A Terceira Moça
9. Cem Anos de Solidão
10. Gossip Girl - Carlyles
11. Noite sem Fim
12. Um Pressentimento Funesto
13. A Noite das Bruxas
14. Vittorio, o Vampiro
15. Mil Dias na Toscana 9%
16. Amante Libertada
17. O Clube dos Anjos
18. Passageiro para Frankfurt
19. Nêmesis
20. A Mina de Ouro
21. A Ilha Perdida
22. A Grande Rainha
23. Os Elefantes não Esquecem
24. Portal do Destino
25. Os Primeiros Casos de Poirot